Publicidade

Estado de Minas

Celular 'salva' mulher de ser baleada pelo ex-marido em Montes Claros

Segundo a PM, ela foi encaminhada ao hospital, após ser atingida por estilhaços do telefone e não corre risco de morrer


postado em 26/03/2018 19:26 / atualizado em 26/03/2018 22:41

Uma mulher de 30 anos foi levada ao hospital após seu ex-marido tentar matá-la na porta da casa de sua irmã, em Montes Claros, no Norte de Minas. De acordo com a Polícia Militar (PM), a vítima estava com o celular na mão quando o suspeito fez o disparo e o aparelho amorteceu o impacto da bala, evitando que ela fosse atingida na cabeça.

O crime ocorreu no Bairro Vila Telma, na manhã desta segunda-feira. De acordo com o relato da irmã da vítima, o autor, de 38, chegou de bicicleta à residência da ex-companheira e pediu para falar com ela. Ele dizia que o filho do casal, de 8, estava passando mal e precisava da ajuda da mãe.

Segundo a corporação, a vítima estava conversando com uma amiga pelo celular, quando foi chamada pela irmã. Preocupada, ela saiu às pressas ao encontro do ex-marido. Ao chegar no portão da casa, o homem sacou a arma e efetuou o disparo. Por reflexo, ela levou as mãos ao rosto e a bala atingiu o celular.

Os estilhaços do telefone acertaram a vítima no pescoço e na coluna cervical. A irmã ligou imediatamente para a polícia, que encontrou a mulher inconsciente na calçada. Ela foi levada à Santa Casa de Montes Claros e, segundo o hospital, seu estado de saúde é estável e ela não corre risco de morte. O homem fugiu logo após realizar o disparo.

AMEAÇAS Ainda de acordo com o boletim de ocorrência, após a separação, o homem começou a ameaçar a ex-companheira. Ela e o filho estariam morando temporariamente na casa da irmã, enquanto procuravam um espaço para alugar. Segundo a irmã da vítima, ela se mostrava apreensiva para sair de casa, com medo de encontrar o ex-marido.

Em seu depoimento, a irmã ainda contou aos militares que o homem era muito agressivo e ciumento. Ela também desconfia que ele já tenha agredido a ex-mulher. A PM informou que acredita que o homem tenha premeditado a tentativa de homicídio. Os militares realizam ronda para tentar localizar o autor, que continua foragido. O caso foi encaminhado à Polícia Civil de Montes Claros, que vai concluir as investigações.

* Estagiária sob supervisão da subeditora Regina Werneck

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade