Publicidade

Estado de Minas

Estação das chuvas tende a se prolongar em Minas Gerais

O outono será chuvoso em Minas, já que não haverá influências dos fenômenos El Niño e La Niña, que impedem a chegada de frentes frias


postado em 21/03/2018 06:00 / atualizado em 21/03/2018 07:29

Meteorologista prevê chuva no final da tarde desta quarta-feira(foto: Gladyston Rodrigues/EM/D.A Press)
Meteorologista prevê chuva no final da tarde desta quarta-feira (foto: Gladyston Rodrigues/EM/D.A Press)

O outono começou oficialmente nessa terça-feira, mas a mudança de estação não deve suspender o tempo chuvoso. É o que prevê o meteorologista Ruibran dos Reis, do Instituto ClimaTempo, que anuncia temporais nesta quarta-feira, a partir do fim da tarde, em cidades das regiões Central, Sul, Oeste, Zona da Mata e do Triângulo Mineiro. O meteorologista destaca que o outono será chuvoso em Minas, já que não haverá influências dos fenômenos El Niño e La Niña, que impedem a chegada de frentes frias. Segundo ele, esses sistemas vão atuar também em abril, maio e junho, prolongando o período chuvoso.

“Desde 2011 não tínhamos um período prolongado de precipitações como agora. Até hoje (ontem) já choveu mais que o dobro da média histórica para março na Grande BH”. Até ontem, este mês, registrava cerca de 370 milímetros de precipitação na região metropolitana da capital, sendo que a marca média é de 174 milímetros.

Com previsão de mais chuvas, a Coordenadoria Municipal de Defesa Civil (Comdec) emitiu alerta de tempestade entre as 13h de ontem e manhã de hoje. Segundo o órgão, há indicativo de pancadas de chuva com intensidade moderada a forte, especialmente até amanhã, com volumes esperados entre 70 e 90 milímetros.

O outono começou às 13h15 de ontem, com previsão de temperaturas amenas e queda gradual no registro de chuvas. As manhãs também devem ser marcadas por sensações mais intensas de frio até 21 de junho, quando a estação dá lugar ao inverno, segundo o Centro de Meteorologia da Cemig. Características comuns ao outono, como nevoeiros e geadas nas primeiras horas da manhã, e inversão térmica – quando a umidade relativa do ar atinge índices abaixo de 30% – serão registradas neste ano.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade