Publicidade

Estado de Minas

Grupo armado explode agência bancária e troca tiros com a PM em Minas

Quadrilha chegou a cortar a energia elétrica do Batalhão da PM e fazer denúncia falsa para conter a ação da polícia de de Ipanema, no Vale do Rio Doce. Após perseguição e cerco, bando conseguiu escapar


postado em 03/02/2018 10:26 / atualizado em 03/02/2018 12:50

(foto: PM/Divulgação)
(foto: PM/Divulgação)

Um grupo armado explodiu uma agência do Banco do Brasil no município de Ipanema, no Vale do Rio Doce, por volta das 3h da madrugada. Para desviar a atenção da polícia, a quadrilha chegou a telefonar para os militares e fazer uma denúncia falsa a respeito de movimentação estranha em um banco na cidade de Conceição de Ipanema, a 18km da cidade. Porém a informação foi checada e nenhuma viatura se deslocou para o local.

Ainda para conter a ação policial, a energia elétrica do 62º Batalhão de Polícia Militar foi cortada. A equipe de uma viatura trocou tiros contra um integrante do bando que efetuava disparos contra a sede do BPM. Militares em outra viatura também trocaram tiros com indivíduos a bordo de um Volkswagen Gol. Nenhum militar foi ferido na ação.

Ao mesmo tempo, outra parte do grupo invadiu a agência bancária e teve acesso ao cofre. A quadrilha fugiu da cidade pela BR-474 rumo a Aimorés. Militares de Taparuba foram acionados e montaram um cerco, mas a quadrilha conseguiu fugir. Ainda não há informação sobre a quantia roubada e nem sobre a autoria da ação.

 

Na sequência, vídeos mostram como ficou a agência depois da explosão e morador assustado com a ação da quadrilha.

 



 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade