Publicidade

Estado de Minas

Chuva deve aliviar o calor em Belo Horizonte

A Subsecretaria de Proteção e Defesa Civil emitiu um alerta para a possibilidade de pancadas de chuva para Belo Horizonte nesta segunda-feira. A precipitação deve ter acumulado de água entre 20 e 30 milímetros


postado em 22/01/2018 14:40 / atualizado em 22/01/2018 14:57

(foto: Gladyston Rodrigues/EM/D.A Press)
(foto: Gladyston Rodrigues/EM/D.A Press)

Os moradores de Belo Horizonte devem ter um pequeno refresco no calor. Mas, não por muito tempo. A combinação de altas temperaturas com o aumento da umidade vai provocar pancadas de chuva na capital mineira durante a semana. Em alguns pontos da cidade, já há registro de precipitações nesta segunda-feira.

A Subsecretaria de Proteção e Defesa Civil emitiu um alerta para a possibilidade de pancadas de chuva para Belo Horizonte nesta segunda-feira. A precipitação deve ter acumulado de água entre 20 e 30 milímetros, e deve ser acompanhada de descargas elétricas e ventos que podem chegar até a 50 quilômetros por hora.

De acordo com o meteorologista Claudemir Azevedo, do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), a possibilidade de chuva deve continuar até quinta-feira. “Estamos com a presença forte de uma massa de ar quente que favoreceu as altas temperaturas. Como aumento da umidade, ocorre essas pancadas de chuva”, explicou o especialista.

A chuva pode dar um alívio no calor na capital mineira. No último sábado, os termômetros atingiram 32,2 ºC, a mais alta do ano. No domingo, a temperatura continuou alta e a máxima chegou a 32,5ºC. “Vai continuar quente. As madrugadas estão com temperaturas elevadas. Hoje mesmo a mínima ficou em 23ºC na Região Centro-Sul. Isso é comum nesta época do ano. Somente com uma chuva mais consistente vamo conseguir um refresco”, comentou Azevedo.

Interior

De acordo com o Inmet, a previsão é de tempo instável com pancadas de chuva durante a semana nos municípios da Região Central, Zona da Mata, Sul, Campo das Vertentes, Triângulo e Oeste de Minas Gerais. No Norte do Estado a tendência é de continuação do tempo seco.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade