Publicidade

Estado de Minas

BH respira Carnaval nos ensaios dos blocos de esquina

Turma de amigos brincou de folia e em pouco tempo virou bloco, com nome irreverente e 90 integrantes ávidos pela festa de momo


postado em 16/01/2018 22:42


É inevitável! Belo Horizonte já respira Carnaval em ensaios de blocos que prometem lotar avenidas, ou apenas animar a galera do buteco de cada dia. E é com essa intenção, que no começo da noite o pessoal do “A banana é torta mas é minha” fez seu primeiro encontro na Avenida Getúlio Vargas, no Funcionários, Centro-Sul da capital, para afinar instrumentos e tocar junto o repertório que vai marcar as apresentações do grupo.

Ricardo Oliveira, um do integrantes do bloco, diz que tudo começou com uma turma grande de amigos no Whatsapp. “De repente tudo já estava no rítimo, com logomarca, camisas e 90 pessoas que aderiram ao grupo. Agora é só esperar pelo Carnaval”. Porém, com o bloco sugiu de última hora, não está na programação oficial da folia da capital. Mas promete agitar quem passar pela Avenida Getúlio Vargas.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade