Publicidade

Estado de Minas

Agente penitenciário tenta conter homem e leva tiro em hospital de BH

Servidor foi atingido na perna após ser atacado por um preso que tentava tirar sua arma. Suspeito, que usava tornozeleira eletrônica, teria agredido verbalmente os agentes que escoltavam outros presos


postado em 08/01/2018 20:00 / atualizado em 08/01/2018 20:02

(foto: Tulio Santos/EM/DA Press)
(foto: Tulio Santos/EM/DA Press)
A Secretaria de Estado de Administração Prisional (Seap) apura uma ocorrência envolvendo um agente de segurança penitenciário e uma pessoa que usava uma tornozeleira eletrônica, no Hospital Risoleta Tolentino Neves, em Venda Nova. De acordo com a Seap, na noite desta segunda-feira o servidor público foi atingido na perna por um disparo de arma de fogo enquanto tentava conter o homem, que aguardava atendimento hospitalar.

Por meio de nota, a secretaria disse que o homem estava alterado e agredindo verbalmente os agentes de segurança que escoltavam outros presos no hospital. No entanto, ao tentar tirar a arma do servidor, ela teria disparado, atingindo a perna do agente. Ele foi atendido no próprio hospital e não corre risco de morrer, segundo a Seap.

O homem foi detido, encaminhado para a Central de Flagrantes e, além de responder criminalmente pelo ocorrido, poderá perder o benefício do monitoramento eletrônico, podendo voltar para a carceragem.

*Estagiário sob supervisão da editora Liliane Corrêa

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade