Publicidade

Estado de Minas

Ciclista é atropelado por carro durante treino em rodovia na Grande BH

Hugo Cavanelas foi levado de helicóptero dos bombeiros para o Hospital de Pronto-Socorro de Belo Horizonte, depois de bater de frente com Fiesta na MGC-262 em Sabará


postado em 03/01/2018 22:17 / atualizado em 04/01/2018 07:54

Bike em que Hugo Cavanelas treinava ficou destruída(foto: Reprodução/Facebook)
Bike em que Hugo Cavanelas treinava ficou destruída (foto: Reprodução/Facebook)
O atropelamento do ciclista Hugo dos Reis Cavanelas, de 38 anos, mobilizou as redes sociais nesta quarta-feira. Conhecido no meio por participar de disputas de bike, Cavanelas está internado em estado grave no Hospital de Pronto-Socorro João XXIII (HPS), em Belo Horizonte, para onde foi levado em helicóptero do Corpo de Bombeiros.

O acidente foi pela manhã, no KM 286 da rodovia MGC-262, na zona rural de Sabará, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Depois de fazer um treino até Caeté, Hugo retornava pela via sentido Belo Horizonte. Numa curva para a direita, bateu de frente com um veículo Ford Fiesta.

Motorista afirma que trafegava com Fiesta em sua mão de direção(foto: Reprodução/Facebook)
Motorista afirma que trafegava com Fiesta em sua mão de direção (foto: Reprodução/Facebook)
O condutor do carro, Rodolfo de Oliveira Souza, de 31, afirmou que seguia em sua mão de direção, no sentido Caeté, quando surgiu o ciclista. Testemunhas, porém, disseram que o Fiesta teria entrado na pista contrária e atropelou o ciclista.

Equipes do Corpo de Bombeiros e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) estiveram no local e prestaram os primeiros socorros. Hugo Cavanelas teve fraturas múltiplas e traumatismo cranioencefálico. Levado para o HPS de BH, ele foi submetido a cirurgia e até o fim desta noite seguia na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI).

O carro foi apreendido e levado para o patio de Sabará, já que a documentação está irregular, tendo sido apresentado apenas o registro de 2016. O motorista foi conduzido à 3ª Delegacia de Polícia Civil em Sabará, onde prestou depoimento e foi liberado. Nas redes sociais foram várias as manifestações de ciclistas que conhecem Hugo. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade