Publicidade

Estado de Minas

Polícia Civil vai investigar circunstâncias de morte de mulher a facadas em Ribeirão das Neves

Homem assumiu o crime e disse que vítima era sua ex-mulher, mas que sempre ficavam juntos. Antes da briga, autor alegou que o casal ingeriu bebidas alcoólicas


postado em 21/12/2017 17:50 / atualizado em 21/12/2017 17:56

A Polícia Civil vai investigar as circunstâncias da morte da jovem Loren Stephany Naum, de 21 anos, assassinada a facadas na madrugada desta quinta-feira em Ribeirão das Neves, na Região Metropolitana de Belo Horizonte.

Segundo a Polícia Militar, a corporação foi chamada por volta das 4h da madrugada para uma casa na Rua Osvaldo Cruz, no Bairro Botafogo. Quando os militares chegaram, eles encontraram Edvaldo Andrade de Freitas, de 44 anos, aguardando na porta da residência. Ele indicou o local do corpo da jovem e confirmou ser o autor do crime.

Para a polícia, Edvaldo disse que que Loren era sua ex-mulher, mas que os dois sempre ficavam juntos. Na noite de ontem, eles ingeriram bebidas alcoólicas antes de iniciarem uma discussão. No meio da briga, Edvaldo disse que foi atingido por uma facada no tórax por Loren. Nesse momento, ele disse ainda que ela buscou uma segunda faca para continuar as agressões, mas reagiu e desarmou a mulher.

Em seguida, Edvaldo confirmou que acertou três facadas na companheira, sendo uma na axila e duas na cabeça perto do pescoço. Edvaldo chegou a fugir do local, mas retornou e aguardou a chegada da PM. A faca usada no crime também foi encontrada no lugar apontado pelo autor do crime. Vizinhos relataram que as brigas eram constantes entre o casal.

Antes de ser encaminhado para a Delegacia de Homicídios de Ribeirão das Neves, Edvaldo foi atendido na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Justinópolis.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade