Publicidade

Estado de Minas

Em 24 horas, quase 50 árvores caíram em BH e região metropolitana

Ao todo, bombeiros atenderam mais de 100 ocorrências envolvendo árvores na região. Na tarde passada, palmeira caiu e matou taxista dentro do veículo em BH


postado em 03/10/2017 10:19 / atualizado em 03/10/2017 11:26

Ver galeria . 13 Fotos Árvore cai sobre carro estacionado na Avenida BrasilLeandro Couri/EM/D.A. Press
Árvore cai sobre carro estacionado na Avenida Brasil (foto: Leandro Couri/EM/D.A. Press )
O Corpo de Bombeiros divulgou, na manhã desta terça-feira, o balanço de ocorrências durante as chuvas em Belo Horizonte e na região metropolitana. Nas últimas horas, quase 50 árvores caíram.

Segundo os bombeiros, entre as 8h de ontem e as 8h desta terça, foram registradas pelo menos 103 ocorrências de corte de árvores na Grande BH. Destas, 45 foram cortes em árvores que caíram, 20 cortes em árvores com risco de queda e outras 38 vistorias em plantas para verificar se elas poderiam cair.

Durante o temporal da tarde passada, uma palmeira trigêmea – uma raiz com três troncos – com 20 metros de altura caiu sobre um táxi, modelo Toyota Etios, matando o motorista Fábio Teixeira Magestes, de 35 anos, casado, pai de dois filhos. O acidente ocorreu na Rua Timbiras, entre a Avenida João Pinheiro e Rua da Bahia, no Bairro de Lourdes, na Região Centro-Sul de BH.

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmed) informou hoje que durante o temporal na capital, os ventos em Belo Horizonte chegaram a 85 quilômetros por hora. A Cemig ainda trabalha para restabelecer o fornecimento de energia em diversos bairros da capital e da região metropolitana, e informa que a queda de objetos sobre a rede, como telhas, galhos e árvores, contribuíaram para os problemas.

Durante uma coletiva no local da morte do taxista ontem, o tenente Pedro Aihara chefe-adjunto da Sala de Imprensa do Corpo de Bombeiros, sustentou que a arborização da cidade não condiz com a situação urbana. “Não houve um estudo para a escolha das espécies de acordo com a área urbana, que sofreu uma grande expansão”, afirma. No caso da palmeira, o tenente afirma que é uma árvore que não tem raízes profundas. “A impermeabilização do solo, com cimento da calçada no entorno da árvore, impede que sua raiz fique na terra”, completou o bombeiro.
Ver galeria . 15 Fotos Queda de árvore provoca a morte de uma pessoa na Rua TimbirasGladyston Rodrigues/EM/D.A. Press
Queda de árvore provoca a morte de uma pessoa na Rua Timbiras (foto: Gladyston Rodrigues/EM/D.A. Press )


Publicidade