Publicidade

Estado de Minas

Criminosos explodem caixas eletrônicos e trocam tiros com a PM em Capitão Enéas

Um dos bandidos foi baleado e preso. Carro usado na ação criminosa foi abandonado com armas e dinheiro, que foram apreendidos


postado em 29/09/2017 10:19 / atualizado em 29/09/2017 11:44

(foto: Reprodução/ Internet/ Whatsapp )
(foto: Reprodução/ Internet/ Whatsapp )
 
A Policia Militar (PM) continua as buscas na região de Miralta, na zona rural de Montes Claros, Norte de Minas,  para tentar capturar os criminosos que explodiram um caixa eletrônico da agência do Banco do Brasil em Capitão Enéas na madrugada desta sexta-feira.  Após o ataque à agência, houve perseguição à quadrilha e troca de tiros com a PM. Um dos assaltantes foi baleado e preso.

Ação aconteceu por volta das 3h30. Conforme moradores,  o bando era formado por cerca de oito a 10 homens, que estavam fortemente armados e usaram carros e motos. Eles explodiram o caixa eletronico da agência do BB e fugiram imediatamente. A PM foi acionada e iniciou a perseguição.

Seis  homens envolvidos no ataque a agencia bancária fugiram em um carro Meriva, percorrendo estradas vicinais da região. O Meriva foi cercado por uma equipe da Policia Militar no distrito de Miralta, no município de Montes Claros. Os criminosos abandonaram o veiculo e embrenharam no mato. Houve troca de tiros e um dos assaltantes, Daniel Soares Pereira, de 23 anos, foi baleado na mão e preso. Ele foi socorrido em uma ambulância do Corpo de Bombeiros e levado para a Santa Casa de Montes Claros, onde foi submetido a cirurgia e permanece internado, sob escolta policial. Daniel disse aos policiais que é natural de Montes Claros e que, recentemente, passou a viver em Capitão Enéas, de onde fez contato com seus comparsas.

Os outros cinco marginais que estavam no Meriva conseguiram fugir. A Policia Militar encaminhou reforço para a região de Miralta, que fica próxima da BR-135 (estrada Montes Claros/Januária), na tentativa de localizar e prender os assaltantes.  O dinheiro roubado do caixa eletronico não foi recuperado e o valor levado pela quadrilha não foi divulgado.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade