Publicidade

Estado de Minas DEVASTAÇÃO

Fogo destrói a Serra de Ouro Branco em local de difícil acesso

Desde a sexta-feira os focos de incêndio fazem a Serra de Ouro Branco arder. Cerca de 60 combatentes enfrentam as chamas com auxílio de aviões e helicópteros


postado em 10/09/2017 10:14 / atualizado em 10/09/2017 12:14


Um incêndio de grandes proporções devasta a Serra de Ouro Branco, na Região Central de Minas Gerais, desde a sexta-feira. O terreno acidentado dificulta o trabalho de combate dos 16 bombeiros militares e 40 brigadistas. A equipe conta com o apoio de quatro aviões airtractor, capazes de lançamentos de água, e de um helicóptero do Corpo de Bombeiros.


Desde o início da manhã os combatentes enfrentam as chamas e há pelo menos dois focos. As chamas queimam desde a região conhecida como Morro do Gabriel até a localidade dos Jesuítas. As estimativas dos combatentes projetam que cerca de 70% da serra tenha queimado.

Fogo na serra de Ouro Branco visto da cidade. Chamas ardem desde sexta-feira(foto: Hugo Grochoeller)
Fogo na serra de Ouro Branco visto da cidade. Chamas ardem desde sexta-feira (foto: Hugo Grochoeller)

O enfermeiro Hugo Grochoeller Aguiar Lima, de 36 anos, ajudou como voluntário no combate ao incêndio. "Subimos pelo pé da Serra e atuamos lá. Queimou muita vegetaçãõ. Percorremos cerca de um quilômetro apagando fogo e fazendo aceiros para salvar o quê pudemos na parte de baixo.

Além, da área devastada, muitos animais foram encontrados mortos ou fugindo. "Vi carcará, corujas fugindo. Fiz uma vistoria de rescaldo hoje, na parte do pé da serra e apaguei uns três focos", disse. Hoje o combate continua no alto da serra.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade