Publicidade

Estado de Minas

Motorista liga alerta de assalto por engano e PM para ônibus no Anel Rodoviário

Placa luminosa do ônibus indicava uma possível ação criminosa no coletivo e policiais agiram rápido para verificar a situação, que não se confirmou


postado em 05/09/2017 12:20 / atualizado em 05/09/2017 12:34

Palavra foi acionada por uma pane no sistema de mensagens, segundo versão do motorista dada aos policiais(foto: Reprodução internet/Whatsapp)
Palavra foi acionada por uma pane no sistema de mensagens, segundo versão do motorista dada aos policiais (foto: Reprodução internet/Whatsapp)

Uma situação inusitada chamou a atenção de motoristas que circulavam pelo Anel Rodoviário de Belo Horizonte e também de passageiros de um coletivo na manhã desta terça-feira.

Após denúncias de roubo dentro de um ônibus da linha 4900 (Borba Gato/Cidade Industrial) do Departamento de Edificações e Estradas de Rodagem de Minas Gerais (DEER/MG), a PM encontrou um coletivo na rodovia com a palavra “assalto” escrita no letreiro do veículo. Porém, chegando no local os policiais ouviram do motorista que tudo não passou de um engano. O coletivo foi totalmente fiscalizado e vistoriado e nada suspeito foi encontrado.

Segundo o tenente José Ocimar de Andrade Júnior, a palavra “assalto” é uma das inserções que fica disponível no painel de mensagens, para ser usada caso seja necessário. “O motorista alegou que deu uma pane e várias palavras ficavam passando pelo letreiro, como 'bom dia', 'BH', o número da linha e o itinerário, além da palavra 'assalto'”, diz o militar.

A PM, então, recebeu ligações informando de um suposto assalto no Anel Rodoviário, na altura do Bairro Olhos D'água, entre as regiões Oeste e Barreiro, e partiu rapidamente para o local, até visualizar o coletivo com o letreiro dessa forma em meio ao trânsito lento no sentido Rio de Janeiro.

“Entramos e fiscalizamos todos os passageiros, alguns ficaram até surpresos com a situação já que o letreiro mostra a mensagem para o lado de fora. Nada foi encontrado, a situação estava normal”, afirma. 

Além de 'assalto', outras palavras também piscavam no letreiro, como 'bom dia'(foto: Reprodução internet/Whatsapp)
Além de 'assalto', outras palavras também piscavam no letreiro, como 'bom dia' (foto: Reprodução internet/Whatsapp)

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade