Publicidade

Estado de Minas

Assalto a quadra termina com tiros e correria no Bairro Castelo

Segundo a PM, três pessoas tentaram roubar um carro próximo à Rua Castelo de Lisboa. Pessoas teriam reagido e os assaltantes atirado


postado em 29/08/2017 23:11 / atualizado em 30/08/2017 09:27

Um assalto em uma quadra de futebol terminou com tiros e correria na noite desta terça-feira, no Bairro Castelo, na Região da Pampulha. Depois do tumulto, três pessoas foram presas e uma arma apreendia pela Polícia Militar (PM). A movimentação provocou pânico entre os moradores. Em poucos minutos, a polícia registrou várias chamadas. As primeiras informações da PM davam conta que os criminosos haviam tentando roubar um carro.

O caso ocorreu pouco antes das 22h na Rua Castelo de Lisboa, durante uma partida. De acordo com a PM, o dono da quadra contou que os criminosos, de 24, 27 e 30 anos invadiram o local agindo com muita violência. Um deles estava armado. Eles agrediram as vítimas e ordenaram que ficassem no fundo da quadra. O mais novo, que estava com  arma, exigiu dinheiro do caixa, de onde foram levados R$ 196. Enquanto isso, os outros dois recolhiam celulares, dinheiro e outros pertences das vítimas. 

Quando os homens deixaram o local, foram perseguidos por algumas pessoas que estavam na quadra, armadas com paus, garrafas e pedras. De acordo com a PM, o assaltante chegou a atirar contra as vítimas, mas ninguém foi atingido.

Militares que patrulhavam o bairro ouviram os disparos e seguiram para o local, onde foram informados do assalto. Eles conseguiram alcançar os criminosos, que foram detidos e algemados enquanto jogavam os produtos do roubo na rua. No local, foram recuperados diversos pertences.

Com os criminosos, os policiais apreenderam um revólver 38 com três cartuchos, R$ 400 em dinheiro, celulares e uma bolsa. Ainda de acordo co ma PM, após a prisão, algumas pessoas que estavam na rua agrediram um dos autores. Os policiais intervieram e o ferido  precisou ser levado ao Hospital Alberto Cavalcanti, onde foi atendido e liberado. Os presos foram encaminhados à Central de Flagrantes da Polícia Civil (Ceflan).

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade