Publicidade

Estado de Minas

Três homens são presos por suspeita de matar vendedor por dívida do enteado

Vítima foi assassinada em abril deste ano. Polícia Civil segue à procura do quarto suspeito, um rapaz de 19 anos


postado em 17/08/2017 18:07 / atualizado em 18/08/2017 14:49

(foto: Foto: Reprodução Polícia Civil)
(foto: Foto: Reprodução Polícia Civil)
 

Três homens foram presos na tarde desta quinta-feira durante operação da Polícia Civil de Minas Gerais, por suspeita de participação no homicídio do vendedor ambulante Márcio de Jesus Dias, de 35 anos. A vítima foi morta em abril deste ano, com 11 tiros, diante de várias testemunhas, no Bairro Jardim Vitória, na Região Nordeste de Belo Horizonte.

De acordo com o delegado responsável pelo inquérito, Emerson Morais, os criminosos procuraram por Márcio um mês antes do homicídio para cobrar um valor em dinheiro que teria sido furtado por seu enteado. A vítima chegou a pagar uma parte da dívida, mas alegou não ter condições de quitar o restante. Diante disso, o grupo jurou de morte o enteado da vítima, que acabou fugindo do bairro.

Como vingança, os assassinos planejaram a morte de Márcio. O crime aconteceu na praça de esportes do bairro, local em que a vítima trabalhava vendendo churrasquinho.

A polícia segue à procura do quarto suspeito, um rapaz de 19 anos. Os quatro, segundo o delegado, fazem parte de uma gangue envolvida com o tráfico de drogas no bairro e, inclusive, gerenciavam um ponto de vendas de entorpecentes próximo ao local do crime.

 

*Estagiária sob supervisão de Ellen Cristie

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade