Publicidade

Estado de Minas

Incêndio de grandes proporções atinge área verde próximo ao Parque do Rola-Moça

Testemunhas informaram que o fogo começou de forma criminosa. Dois andarilhos teriam iniciado as chamas e fugido do local


postado em 08/08/2017 15:45 / atualizado em 08/08/2017 22:04

As chamas destruíram uma grande área da vegetação no Bairro Olhos D'água(foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação)
As chamas destruíram uma grande área da vegetação no Bairro Olhos D'água (foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação)

Um incêndio de grandes proporções mobilizou o Corpo de Bombeiros na tarde desta terça-feira, próximo ao Parque Estadual do Rola-Moça, no Bairro Olhos D'água, na Região Oeste de Belo Horizonte. As chamas se espalharam rapidamente pela vegetação seca. Testemunhas informaram que o fogo começou de forma criminosa. Dois andarilhos teriam iniciado as chamas e fugido do local. Eles não foram encontrados.

De acordo com o subtenente Giovani Geraldo de Carvalho, do Corpo de Bombeiros, as chamas se concentraram em uma área limítrofe do parque, conhecida como Jojoca. Aproximadamente 20 pessoas, entre bombeiros e brigadistas, participaram do trabalho com abafadores e bombas costais. Quatro viaturas também auxiliaram na ação, assim como uma aeronave.

As chamas foram extintas por volta das 16h20. Segundo o Corpo de Bombeiros, foi o segundo incêndio no local nesta terça-feira. "Tivemos um incêndio antes do almoço na mesma área. O pessoal extinguiu e retornou para base, mas tiveram que voltar novamente", explicou o major Anderson Passos. Os militares fizeram o rescaldo no local. A área queimada ainda será mensurada.

Testemunhas contaram aos militares que o incêndio é criminoso. “Tudo indica que sim. O pessoal que está no local nos informou que testemunhas denunciaram dois andarilhos que atearam fogo e saíram da região. Eles não foram detidos”, afirmou o subtenente.

Aproximadamente 20 militares e brigadistas participaram da ação(foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação)
Aproximadamente 20 militares e brigadistas participaram da ação (foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação)
Além desse incêndio, o Corpo de Bombeiros informou que outras ocorrências de queimadas eram atendidas nesta terça-feira em diferentes bairros da Região Metropolitana de Belo Horizonte. A corporação não divulgou o número de atendimentos.

Redução de ocorrências

Os constantes incêndios no parque levaram o Corpo de Bombeiros a tomar medidas junto a sociedade. No fim de julho, uma reunião foi realizada com moradores de condomínios de Nova Lima que ficam próximo a área verde, para evitar queimadas. Neste ano, ao menos 31 ocorrências do gênero foram registradas no parque.

Desde junho, o parque recebeu o reforço de aproximadamente 30 bombeiros extras, que passaram a fazer os treinamentos no local. Atualmente, são 38 militares no local. Esse efetivo, associado a outras medidas tomadas pelo Corpo de Bombeiros, reduziram em 50% o número de ocorrências na área verde.

(RG)

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade