Publicidade

Estado de Minas

Chef de cozinha peruano que trabalhava em BH é preso pela PF

Homem, que não teve o nome divulgado, tinha um mandado de prisão em aberto por estupro de vulnerável. Crime teria acontecido em 2010, no Peru


postado em 01/08/2017 16:50 / atualizado em 01/08/2017 22:16

Um chef de cozinha peruano que trabalha em Belo Horizonte foi preso nesta terça-feira pela Polícia Federal (PF). O homem, que não teve o nome divulgado, tinha um mandado de prisão em aberto por estupro de vulnerável em seu país. O crime teria acontecido em 2010. Ele já estava na lista de procurados da Interpol.

De acordo com a PF, o chef de cozinha foi condenado a 25 anos de prisão pela Justiça peruana pelo crime. A corporação não divulgou detalhes sobre como o estupro aconteceu. Por causa da condenação, o nome dele foi incluído na lista de procurados e a Interpol de Lima já havia emitido um alerta de difusão vermelha.

Ainda segundo a PF, um mandado de prisão cautelar também foi expedido pelo Supremo Tribunal Federal (STF) para a extradição. Na manhã desta terça-feira, policiais federais da capital mineira cumpriram o mandado contra o peruano, de 32 anos. A corporação informou que ele já trabalhava havia alguns anos no município, mas não deram mais informações sobre o caso.

O chef de cozinha foi encaminhado para a Penitenciária Nelson Hungria, em Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, onde vai aguardar a extradição.

 

(RG) 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade