Publicidade

Estado de Minas

Chegada da temporada do ipê em BH é comemorada na Savassi e Praça da Liberdade

A ação Abrace o ipê integrou as atividades do programa %u201CA Savassi é da gente%u201D, que fecha, aos domingos, parte das avenidas Getúlio Vargas e Cristóvão Colombo


postado em 09/07/2017 13:32

Dezenas de pessoas subiram a Cristóvão Colombo, em direção à praça da Liberdade, debaixo de um lençol branco gigante, numa caminhada coletiva(foto: Edésio Ferreira/EM/D.A Press)
Dezenas de pessoas subiram a Cristóvão Colombo, em direção à praça da Liberdade, debaixo de um lençol branco gigante, numa caminhada coletiva (foto: Edésio Ferreira/EM/D.A Press)

Eles começam a inundar as ruas de cores e com seu porte suntuoso e flores delicadas. Os ipês, que começam neste inverno a enfeitar Belo Horizonte, ganharam neste domingo as boas-vindas com pompa e circunstância. Dezenas de pessoas se juntaram na Praça da Savassi, na Região Centro-Sul da capital, para render homenagens a um dos símbolos nacionais que, a partir de agora, deixam suas folhas ao chão para se apresentar num ciclo de cores começando pelo rosa, passando pelo roxo e amarelo e chegando ao branco no fim do ano. O evento teve ainda um abraço nos exemplares que já dão ainda mais charme à Praça da Liberdade.

Teve comemoração também na Praça da Liberdade(foto: Edésio Ferreira/EM/D.A Press)
Teve comemoração também na Praça da Liberdade (foto: Edésio Ferreira/EM/D.A Press)

A ação Abrace o ipê integrou as atividades do programa “A Savassi é da gente”, que fecha, aos domingos, parte das avenidas Getúlio Vargas e Cristóvão Colombo. Brinquedos para as crianças, apresentação de música com a banda da Polícia Militar e oficinas animaram a manhã de várias famílias. Em pleno cruzamento das duas avenidas, as crianças brincaram livres, desenhando o chão com giz e cobrindo galhos de árvores com fios de lã. A fotógrafa Juliana Foini, de 29, foi com o filho Gabriel, de 8, pela primeira vez. “Ouvimos a música e descobrimos o evento. Estamos curtindo bastante. É um espaço muito bom para vir tranquilo com os filhos, pets, andar de bicicleta e skate”, disse.

Presidente do movimento Savassi Criativa e da Associação dos Moradores e Amigos da Savassi (Amas), Nelson Galizzi lembra que todos os domingos há ações culturais e em família dentro do A Savassi é da gente. “A ação criativa deste domingo é celebrar a floração dos ipês, que é um patrimônio nosso que precisa ser relevado e valorizado, a exemplo dos rituais de celebração da floração das cerejeiras, no Japão, e dos jacarandás, na África do Sul”, destacou. O Abrace o ipê foi promovido pela Savassi Criativa, o Circuito Liberdade e a Secretaria de Esporte e Lazer de BH, integra a campanha “Celebre o Ipê”, promovida pela rede de supermercados Verdemar, em parceria com o produtor cultural e fotógrafo Julio Toledo.

Depois de plantar um ipê no quarteirão fechado da Rua Pernambuco, entre Getúlio Vargas e Rua dos Inconfidentes, dezenas de pessoas participaram de uma performance. Elas subiram a Cristóvão Colombo, em direção à praça da Liberdade, debaixo de um lençol branco gigante, numa caminhada coletiva. Na praça, foram recepcionados pelo grupo Querubins e seus batuques, para o início do abraço.

A coordenadora do A Savassi é da gente, Luciana Madeira, da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer, ressaltou que o programa já conta com a fidelização do público. “É um momento de socialização e cultura muito legal e cada domingo temos uma atividade diferente”, disse. O arquiteto Ricardo caldeira, de 39, é um desses fiéis, ao lado da filha Beatriz, de 1 ano e 10 meses. “Em vez de ficarmos em casa, sempre vimos para cá de manhã. As pessoas deviam comparecer mais e isso é uma pena, pois o espaço é muito bom.”


Publicidade