Publicidade

Estado de Minas

BHTrans afirma que erro de português em faixa foi provocado por empresa terceirizada

Faixa instalada na Região Centro-Sul de Belo Horizonte estava com a palavra Getúlio escrita com J


postado em 20/03/2017 18:55 / atualizado em 20/03/2017 19:13

Faixa foi fixada para mostrar desvios na Região Centro-Sul de BH(foto: João Bosco/Divulgação)
Faixa foi fixada para mostrar desvios na Região Centro-Sul de BH (foto: João Bosco/Divulgação)

A BHTrans afirmou nesta segunda-feira que o erro de português em uma faixa colocada na Região Centro-Sul de Belo Horizonte, por ocasião do projeto “A Savassi é da Gente”, foi culpa da empresa terceirizada que fez a produção da mensagem. A orientação chamou a atenção dos motoristas e pedestres por causa da palavra Getúlio que estava escrita com j.

Por meio de nota, a autarquia se eximiu do erro. A empresa informou, no documento, que “o erro, trocar o G, de Getúlio, pelo J, foi realmente grosseiro”. Mas mostrou que o croqui enviado para a terceirizada estava com a grafia correta. “Infelizmente estas orientações não foram seguidas à risca”.

BHTrans divulgou o croqui enviado para empresa terceirizada(foto: BHTrans/Divulgação)
BHTrans divulgou o croqui enviado para empresa terceirizada (foto: BHTrans/Divulgação)

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade