Publicidade

Estado de Minas

Samarco pode retomar operações em mina em julho

A unidade está fechada desde novembro de 2015, quando ocorreu o desastre com o rompimento da barragem do Fundão, em Mariana


postado em 04/02/2017 08:49 / atualizado em 04/02/2017 10:14

Brasília, 04 - A Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável de Minas Gerais avalia que a mina de minério de ferro Samarco, que pertence à Vale e à BHP Billiton, tem condições de retomar suas operações no segundo semestre deste ano.

“É um tempo factível”, diz o secretário adjunto da Semad, Germano Luiz Gomes Vieira. “Se cumprirem os requisitos, entre julho e agosto a empresa poderá retomar a operação.”

A unidade está fechada desde novembro de 2015, quando ocorreu o desastre com o rompimento da barragem do Fundão, em Mariana. Neste mês, o ministro Minas e Energia, Fernando Coelho Filho, chegou a dizer que “provavelmente” a mina estaria em condições de operação nos próximos dois meses. Segundo a Semad, porém, o prazo não tem condições de ser atendido, porque, só para fazer a preparação da nova cava da mina, são necessários cerca de cinco meses.

“Qualquer tipo de empreendimento pode voltar a funcionar, desde que cumpra a legislação”, afirma o secretário. “Hoje, estamos na fase de vistorias técnicas, para elaborar o parecer que vai subsidiar o Conselho Estadual de Política Ambiental, que é quem toma a decisão. O que nós fazemos é uma recomendação.”

A Semad criou uma superintendência específica para tratar de “projetos prioritários”, para concentrar projetos de grande impacto econômico e social.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade