Publicidade

Estado de Minas

Dengue mata 186 pessoas em Minas neste ano e casos chegam a 522,7 mil

Além dos óbitos confirmados, outros 150 seguem em investigação. Pessoas com outras doenças associadas foram as principais vítimas do Aedes aegypti


postado em 07/07/2016 12:12 / atualizado em 07/07/2016 12:22

Outros 150 óbitos suspeitos de dengue ainda são investigados(foto: Wikimedia/Reprodução )
Outros 150 óbitos suspeitos de dengue ainda são investigados (foto: Wikimedia/Reprodução )
 A epidemia de dengue em Minas matou 186 pessoas apenas neste ano , informou a Secretaria Estadual de Saúde (SES-MG), em boletim divulgado nesta semana. A maioria dos óbitos (82,2%)  foi entre pessoas com comorbidades, ou seja doenças associadas que agravaram o quadro. Além das mortes confirmadas, outros 150 óbitos suspeitos de dengue ainda são investigados. 

As mortes ocorreram em pelo menos 58 municípios mineiros. Juiz de Fora foi a cidade com maior número de óbitos, 44 no total. O município da Zona da Mata está a frente,  inclusive, de Belo Horizonte, que confirmou 39 mortes até 4 de julho.  Uberaba aparece em terceiro lugar no número de mortes por municípios, com 8 óbitos provocados pela dengue.

Até o início deste mês, segundo o boletim, já foram registrados 522,7 mil casos prováveis, entre suspeitos e confirmados. O número comprova o tamanho da epidemia, considera a mais grave já registrada no estado. Em todo o ano de 2013, quando foi registrado o último surto da doença, foram registrados 414,5 mil casos.

ZIKA E CHIKUNGUNYA Os casos confirmados de zika vírus também avançaram em Minas Gerais. Até o momento, já são  4.606 casos confirmados e outros 9.515 em investigação. O número de grávidas infectadas pelo vírus zika chega em várias regiões do estado chega a 280.  Em relação à febre chikungunya, são 97 casos confirmados e outros 587 em investigação. 


Publicidade