Publicidade

Estado de Minas

Pampulha fica mais perto de se tornar patrimônio da humanidade

Unesco deu parecer favorável à elevação do conjunto projetado por Oscar Niemeyer ao título tão sonhado pela Prefeitura de Belo Horizonte. Votação final será em 20 de julho, em Istambul


postado em 18/05/2016 09:32 / atualizado em 18/05/2016 21:20


A Prefeitura de Belo Horizonte recebeu um parecer favorável da Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (Unesco) aproximando o Conjunto Moderno da Pampulha do título de patrimônio cultural da humanidade. O documento foi enviado pelo órgão internacional ao Itamaraty em Brasília antes de chegar ao conhecimento da Fundação Municipal de Cultura (FMC), vinculada à PBH, e é mais um passo na caminhada do conjunto projetado por Oscar Niemeyer para conquistar o tão sonhado título.

O parecer relata a singularidade do Conjunto Moderno da Pampulha, seus aspectos genuínos e indica que a Unesco é favorável à elevação da Pampulha a patrimônio cultural da humanidade. O documento não é o último passo, pois a definição está marcada para o dia 20 de julho, em Istambul, na Turquia, quando cerca de 200 países que compõem a Unesco se reunirão e o conjunto será analisado em última instância.

O presidente da FMC, Leonidas Oliveira, comentou, via assessoria de imprensa, que esse parecer aumenta a responsabilidade dos órgãos públicos em relação à Pampulha. “O parecer nos aproxima muito do título, mas ao mesmo tempo reforça o compromisso de toda a cidade e do país com a salvaguarda das obras dos grandes mestres da modernidade brasileira. Tendo o sítio ampliado para todo o entorno da lagoa, defronte aos bens, será necessário, e de forma permanente, o aprimoramento das políticas públicas dos órgãos da Federação, como IPHAN, IEPHA e Fundação Municipal de Cultura, visando ao monitoramento e a salvaguarda do conjunto”, afirma o gestor.





Publicidade