Publicidade

Estado de Minas

Depois de coruja, raposa é resgatada em Uberlândia

Animal achado em condomínio da cidade do Triângulo Mineiro foi levado pela PM Ambiental para uma área de cerrado; coruja resgatada na segunda-feira na zona rural do município foi solta na manhã desta quarta


postado em 11/05/2016 18:34 / atualizado em 11/05/2016 20:52

Hoje foi dia de dois animais silvestres resgatados pela Polícia Militar Ambiental de Uberlândia, no Triângulo Mineiro, voltarem para seu hábitat. Depois de uma coruja-orelhuda ser encontrada na última segunda-feira em uma fazenda, nesta quarta-feira os militares se mobilizaram para resgatar uma raposa. O animal estava em um condomínio no Bairro Gávea, no Região Sul da cidade. Depois de avaliados por veterinários, os dois espécimes foram soltos.

A raposa foi encaminhada a uma reserva de cerrado na zona rural do município, onde terá alimentação, água e abrigo. Segundo a PM Ambiental, a ausência desses elementos é o principal fator para que o animal migre para o meio urbano. A coruja do tipo orelhuda, que chamou a atenção de moradores e funcionário pela sua beleza, também estava à procura de comida.

A ave foi encontrada no início da semana, em um depósito de ração da fazenda Nossa Senhora Conciliadora, no distrito de Cruzeiro dos Peixotos. Foi solta pela guarnição ambiental no final da manhã desta quarta-feira. Ao buscar alimento, ficou presa no reservatório de ração.

O animal ficou machucado e passou por tratamento no Laboratório de Ensino e Pesquisa em Animais Silvestres da Universidade Federal de Uberlândia. Segundo a PM, ficou constatado pelos veterinários que a ave estava apta para ser reinserida na natureza.

(RG)


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade