Publicidade

Estado de Minas

Grupo protesta contra a Samarco, em Mariana

Ato faz parte de um movimento intitulado Marcha pela Democracia, organizado pela Frente Brasil Popular e que se posiciona contra o impeachment da presidente Dilma


postado em 23/04/2016 11:14 / atualizado em 23/04/2016 18:09

(foto: Reprodução/Facebook)
(foto: Reprodução/Facebook)
Integrantes do Movimento Sem Terra (MST) protestam na manhã deste sábado contra a mineradora Samarco, em Mariana, Região Central de Minas Gerais. Segundo o grupo, o objetivo é "lembrar os 171 dias de impunidade e desrespeito aos atingidos pelo crime cometido pela empresa". A Polícia Militar não soube informar o número de pessoas presentes na manifestação.

O ato faz parte de um movimento intitulado Marcha pela Democracia, organizado pela Frente Brasil Popular e que se posiciona contra o impeachment da presidente Dilma Rousseff. A programação inclui ainda marchas em Santa Bárbara (domingo), Sabará (segunda-feira) e Belo Horizonte (terça-feira).

Desastre em Mariana

O rompimento da Barragem do Fundão, na tarde de 5 de novembro, arrasou o distrito de Bento Rodrigues, onde moravam seis das 18 vítimas da tragédia. A avalanche de lama também destruiu parte de Barra Longa e causou vários prejuízos nas cidades ao longo do curso do Rio Doce até o estado do Espírito Santo.


Publicidade