Publicidade

Estado de Minas

Motoristas de BH ganham mudas de plantas em blitz para comemorar o Dia Mundial da Água

Militares da PM de Meio Ambiente fazem uma blitz educativa na manhã desta terça-feira na Pampulha, em frente a Praça Dino Barbieri


postado em 22/03/2016 10:34 / atualizado em 22/03/2016 12:10

Mudas estão sendo entregues para os motoristas(foto: Jair Amaral/EM/D.A.Press)
Mudas estão sendo entregues para os motoristas (foto: Jair Amaral/EM/D.A.Press)

O Dia Mundial da Água é comemorado nesta terça-feira. Em 2016, o tema é água e emprego. Para alertar sobre o uso racional do recurso, militares da Polícia Militar de Meio Ambiente fazem uma blitz educativa na Pampulha, em frente à Praça Dino Barbieri. Os motoristas recebem folhetos com informações e ganham mudas de árvores de pequeno porte.

Os militares estão dando dicas sobre sustentabilidade, falam sobre o uso racional da água, dão dicas sobre queimadas e alertam sobre os cuidados que devem ter com a água parada por causa da proliferação do mosquito Aedes aegypti, causador da dengue, zika e chikungunya. Além disso, incentivam os condutores a denunciaram o uso irregular da água através do telefone 181.

A ação acontece em outras cidades do Estado. São 23 policiais divididos em nove viaturas. Juatuba, Lagoa Santa e Caeté, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, além de Conceição do Mato Dentro, na Região Central de Minas Gerais, também recebem a blitz.

A falta de fornecimento de água seguro, adequado e confiável para os setores altamente dependentes de recursos hídricos resulta na perda ou no desaparecimento de empregos e pode limitar o crescimento econômico mundial nos próximos anos, “a menos que exista infraestrutura suficiente para gerenciar e armazenar a água”. O alerta é feito nesta terça-feira, pela Organização das Nações Unidas (ONU).

Ações também acontecem em Juatuba, Lagoa Santa e Caeté, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, além de Conceição do Mato Dentro, na Região Central de Minas Gerais(foto: Jair Amaral/EM/D.A.Press)
Ações também acontecem em Juatuba, Lagoa Santa e Caeté, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, além de Conceição do Mato Dentro, na Região Central de Minas Gerais (foto: Jair Amaral/EM/D.A.Press)


A edição de 2016 do Relatório Mundial das Nações Unidas para o Desenvolvimento de Recursos Hídricos é produzido pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), em nome da ONU Água. Com o tema a água e o emprego, ele mostra que 78% dos empregos que constituem a força de trabalho mundial são dependentes dos recursos hídricos.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade