Publicidade

Estado de Minas

Doações para as vítimas da tragédia de Mariana são abandonadas no lixo


postado em 11/12/2015 12:00 / atualizado em 11/12/2015 12:13

O que era para vestir e calçar as vítimas do rompimento da barragem do Fundão, da Samarco, foi parar no lixo. Moradores de Barro Branco, distrito de Barra Longa, uma das cidades atingidas pelo vazamento do reservatório, encontraram peças de roupas e calçados abandonados e à mercê do tempo.

De acordo com o prefeito de Barra Longa, Fernando Carneiro Magalhães e o descarte foi feito por "engano" e os donativos foram recolhidos nessa quinta-feira por três funcionários da prefeitura. O prefeito contou que um vereador da cidade o aviso sobre caso.

As doações estão armazenadas no salão paroquial da igreja da cidade em um galpão prefeitura, e conforme o prefeito, oito caminhões de denotivos já foram entregues às vítimas.

Fernando Magalhães contou que o Executivo, a Assistência Social e o Serviço Voluntário de Assistência Social (Servas) são os responsáveis pelo controle das doações. Após o descarte das roupas e dos calçados, somente o Servas fará a distribuição.


Publicidade