Publicidade

Estado de Minas

Suspeito de matar e enterrar esposa no quintal de casa vai responder por feminicídio

Casal estava em processo de separação desde o ano passado. Maximiniano conseguiu fugir quando a polícia chegou ao local


postado em 04/12/2015 14:20 / atualizado em 04/12/2015 15:05

Ver galeria . 3 Fotos Leandro Couri/EM/D.A press
(foto: Leandro Couri/EM/D.A press )
A Polícia Civil está a procura de um homem apontado como responsável pela morte da própria esposa em Sabará, Região Metropolitana de Belo Horizonte. Conforme a corporação, Maximiniano de Souza Franco, 33 anos, ainda enterrou a mulher no quintal de casa. Elisângela Pereira Câncio, 34, era considerada desaparecida desde a semana passada. Hoje a polícia foi até o local para conferir uma denúncia anônima contra o homem, mas ele conseguiu fugir.

Ainda de acordo com a polícia, o casal estava em processo de separação há uma ano e vivia sob constantes discussões. Na quinta-feira passada, os dois foram até um bar da região. Eles discutiram e retornaram para casa, mas Elisângela não foi mais vista. Ao meio-dia de sexta-feira, a família registrou um boletim de ocorrência sobre o caso. No mesmo dia, a Polícia Militar recebeu uma denúncia anônima que dizia que não tratava-se de um desaparecimento, mas sim de um homicídio e que Maximiliano era o autor.

O caso começou a ser investigado e hoje a polícia foi até a casa do suspeito. Ele estava vivendo na Rua Araxá, Bairro Nossa Senhora de Fátima, e dividia o lote com familiares da esposa. Ao ver a chegada dos policiais, Maximiniano fugiu. A polícia fez uma varredura pelo local e suspeitou de uma fossa que fica entre duas casas. Os bombeiros foram acionados e encontraram um corpo que pode ser de Elisângela. De acordo com a Polícia Civil, será feito o pedido de prisão preventiva do suspeito, que deverá responder por feminicídio. As buscas vão continuar até que Maximiliano seja preso.

Com informações de Andréa Silva - Jornal Aqui


Publicidade