Publicidade

Estado de Minas

Samarco não vai pagar funcionários e fornecedores na data prevista

Mineradora alega que por causa do bloqueio de suas contas não poderá cumprir seus compromissos financeiros até que a situação seja regularizada


postado em 28/11/2015 08:57 / atualizado em 28/11/2015 09:11

Em comunicado oficial postado no site da mineradora, a Samarco informou na noite de ontem que devido à manutenção da ordem de bloqueio de suas contas bancárias por pedido em ação judicial proposta pelo Ministério Público de Minas Gerais em Mariana, e autorizado pelo juízo desta cidade, solicitou adiamento do prazo para efetuar o depósito relacionado ao Termo de Compromisso firmado com este Ministério e o Ministério Público Federal. Assim como o depósito, a empresa também não poderá cumprir os compromissos financeiros com seus funcionários e fornecedores.

Nota publicada pela Samarco na noite de ontem, em que comunica sua dificuldade em cumprir os compromissos financeiros(foto: Reprodução da internet)
Nota publicada pela Samarco na noite de ontem, em que comunica sua dificuldade em cumprir os compromissos financeiros (foto: Reprodução da internet)
A Samarco informa que já solicitou liberação ao juízo de Mariana e continua tomandas medidas legais cabíveis para o desbloqueio das contas e, tão logo a situação seja regularizada, todos os seus compromissos financeiros serão cumpridos. No comunicado, a empresa ainda se desculpa pelo transtorno causado, principalmente a seus funcionários e fornecedores e reforça que as medidas para a regularização dos pagamentos não estão sob sua alçada.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade