Publicidade

Estado de Minas

Abastecimento de água é restabelecido em Governador Valadares, Região do Rio Doce

Medida foi adotada com base na redução do grau de turbidez e na análise realizada no laboratório da Copasa


postado em 16/11/2015 16:46 / atualizado em 16/11/2015 18:29

Ver galeria . 10 Fotos Imagem mostra como era o Rio Doce antes da onda de lama e como ele ficou depois do desastre ambientalElvira Nascimento/ Revista Caminhos Gerais
Imagem mostra como era o Rio Doce antes da onda de lama e como ele ficou depois do desastre ambiental (foto: Elvira Nascimento/ Revista Caminhos Gerais )
A Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil (Sedec) do Ministério da Integração Nacional (MI) anunciou na tarde desta segunda-feira que restabeleceu o abastecimento de água, por distribuição convencional, no município de Governador Valadares, na Região do Rio Doce. Desde domingo à tarde, o tratamento e a distribuição de água para a população começou a ser normalizado. O munícipio foi um dos afetados pelo rompimento da barragem de minério em Mariana (MG).

De acordo com a Sedec, a medida foi adotada com base na redução do grau de turbidez e na análise realizada no laboratório da Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa). O laudo da empresa registra que não há contaminação química, por materiais pesados ou qualquer substância que impeça a utilização da água do Rio Doce para o consumo humano.

O laudo que comprova a qualidade da água do Rio Doce foi referendado pela Agência Nacional de Águas (ANA) e pelo Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama). O monitoramento da qualidade da água continua sendo realizado a cada 12h, pela Copasa, para dar total segurança à população.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade