Publicidade

Estado de Minas

Alvo de críticas, Sebastião Salgado publica post sobre tragédia de Mariana

Fotógrafo mineiro diz que Instituto Terra, do qual é proprietário, vai desenvolver um projeto para a recuperação do Rio Doce


postado em 13/11/2015 19:15 / atualizado em 13/11/2015 21:29

Depois de ter sido criticado nas redes sociais, o fotógrafo mineiro Sebastião Salgado publicou um post no Facebook em que reforça a necessidade de ações urgentes para reduzir o sofrimento da população e os impactos ambientes com o rompimento das barragens Fundão e Santarém, na última quinta-feira, no subdistrito de Bento Rodrigues, em Mariana.

Post publicado no Facebook às 18h50 (foto: Reprodução/Facebook/Instituto Terra)
Post publicado no Facebook às 18h50 (foto: Reprodução/Facebook/Instituto Terra)
Com a esposa Lélia Deluiz Wanick Salgado, o fotógrafo criou o Instituto Terra, uma ONG ambiental, com o apoio da Vale. No post, ele diz que seu instituto mobilizou a equipe para o desenvolvimentode um projeto de recuperação do Rio Doce.

POSICIONAMENTO Antes de se manifestar, Sebastião Salgado foi muito criticado nas redes sociais porque não havia se posicionado quanto à tragédia de Mariana. Várias pessoas cobravam dele uma declaração. "Sebastião tem algo a dizer sobre o desastre ambiental em MG com o rompimento da barragem da Samarco ( controlada pela Vale, principal patrocinadora do projeto Genesis) ?". dizia uma internauta no Facebook. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade