Publicidade

Estado de Minas

Operador de retroescavadeira está desaparecido em Bento Rodrigues

Edinaldo Oliveira de Assis trabalhava na mineradora da Samarco na hora em que houve o rompimento das barragens e não foi mais visto


postado em 06/11/2015 12:49 / atualizado em 10/11/2015 11:33

(foto: Arquivo pessoal)
(foto: Arquivo pessoal)
Incerteza até sobre o que sentir. "Ninguém sabe nada, ninguem diz nada", lamenta a comerciante Ana Cecília Aires Moraes, de 41 anos. Desde ontem, ela está sem notícias do cunhado, Edinaldo Oliveira de Assis, de 40, operador de máquinas da empresa Integral, que presta serviço para a Samarco. Edinaldo trabalhava na mineradora em Bento Rodrigues, distrito de Mariana, na hora em que as duas barragens se romperam e destruíram o local.
 
De acordo  com Ana Cecília, Edinaldo estava operando uma retroescavadeira na barragem, conforme informações da Integral. A comerciante também contou que o cunhado participava de obras de ampliação da barragem. Ele, a mulher e quatro filhos moram  em Ouro Preto.
 
Ana Cecília diz que as informações que ela e a família estão recebendo sobre o cunhado são desencontradas. Segundo ela, testemunhas dissream que o cunhado pode estar soterrado pela lama. Outras dizem que ele pode estar machucado na mata que  fica  no entorno do rio de rejeitos da mineradora.  "Temos esperança. Falei para o meu marido que não devemos desistir. Mas me pergunto: e se ele estiver morto, será que vão encontrar o corpo? É  tudo muito ruim, com muito sofrimento", desabafou.
(foto: Arte Valf/Marcelo Monteiro/Paulinho Miranda/Janey Costa/Soraia Piva)
(foto: Arte Valf/Marcelo Monteiro/Paulinho Miranda/Janey Costa/Soraia Piva)

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade