Publicidade

Estado de Minas

Comerciante morre em desabamento no Vale do Rio Doce

Dono de depósito de materiais de construção estava vistoriando a construção de uma casa quando o imóvel desabou


postado em 20/10/2015 12:09 / atualizado em 20/10/2015 13:21

Segundo a polícia, parte do terreno foi escavada durante a obra(foto: Wellington Fred/Diário do Aço)
Segundo a polícia, parte do terreno foi escavada durante a obra (foto: Wellington Fred/Diário do Aço)

Um comerciante de 52 anos morreu no desabamento de sua casa na manhã desta terça-feira em Ipaba, no Vale do Rio Doce. O acidente mobilizou policiais militares, bombeiros, Samu e a prefeitura da cidade.

O desabamento aconteceu por volta das 9h na Avenida José Rodrigues de Almeida, no Centro de Ipaba. De acordo com o tenente Marcelo Oliveira Martins, do 4º Pelotão da Polícia Militar, a vítima, Reginaldo Garcia Neves, estava construindo uma casa, , na avenida. “Ele foi lá fazer a supervisão, tinha mandado escavar metade do terreno e a casa ficou sobre o barranco e, por infelicidade, desabou. Quatro pedreiros saíram a tempo, mas ele ficou sob os escombros”, explica o militar.

A Polícia Militar chegou primeiro ao local. Alguns minutos depois,  chegaram duas ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e duas do Corpo de Bombeiros. Funcionários da prefeitura, com a ajuda de um trator e outras máquinas, ajudaram na retirada dos escombros.

As equipes de resgate conseguiram retirar Reginaldo e, conforme o militar, tentaram manobras de ressuscitação, mas ele não resistiu. Após a perícia, corpo da vítima foi liberado para o Instituto Médico Legal (IML). Conforme o tenente Marcelo, Reginaldo era proprietário de um depósito de materiais de construção e muito conhecido na cidade.

O local foi isolado e os moradores de um imóvel vizinho tiveram que deixar o local temporariamente, por questões e segurança, conforme o militar.
(foto: Wellington Fred/Diário do Aço)
(foto: Wellington Fred/Diário do Aço)

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade