Publicidade

Estado de Minas

Travesti é assassinada no Bairro Lagoinha, em BH

Vítima foi morta a tiros na Rua Itapecerica. Ninguém foi preso, mas há suspeita de envolvimento de três autores no crime


postado em 21/04/2015 07:55

Uma travesti foi assassinada na madrugada desta terça-feira no Bairro Lagoinha, Região Noroeste de Belo Horizonte. De acordo com a Polícia Militar (PM), a vítima, não identificada, foi morta a tiros na Rua Itapecerica e há suspeita do envolvimento de três pessoas no crime.

Segundo o boletim de ocorrência, por volta de 3h, um táxi estacionou na rua. A travesti foi empurrada do carro, um Corsa. Três homens desceram do veículo perguntando o nome da travesti e um deles a executou com vários tiros.

Os suspeitos fugiram sem deixar pistas. O crime aconteceu perto da sede da Receita Federal e câmeras de segurança podem ter registrado o homicídio. As informações do boletim de ocorrência são de testemunhas que viram o assassinato e acionaram a PM.

A travesti chegou a ser socorrida para o Hospital Odilon Behrens, mas morreu ao dar entrada. Com ela, a polícia encontrou um cachimbo para uso de drogas. A vítima tinha escoriações e perfurações no pescoço.


Publicidade