Publicidade

Estado de Minas

Modelo que teve perna amputada após acidente recebe alta de hospital em BH

Paola Antonini Franca Costa, de 20 anos, deixou o Hospital Felício Rocho no início da tarde desta segunda-feira. Ela ficou internada por nove dias na unidade de saúde


postado em 05/01/2015 16:45 / atualizado em 05/01/2015 16:57

Paola Antonini foi atingida por um carro na Avenida Raja Gabaglia(foto: Reprodução Facebook)
Paola Antonini foi atingida por um carro na Avenida Raja Gabaglia (foto: Reprodução Facebook)
A modelo Paola Antonini Franca Costa, de 20 anos, que teve a perna amputada depois de ser atropelada por um carro na Avenida Raja Gabaglia, no Bairro Luxemburgo, Região Centro-Sul de Belo Horizonte, recebeu alta do hospital no início da tarde desta segunda-feira. A jovem se recuperava no Hospital Felicio Rocho.

De acordo com a assessoria de imprensa da unidade de saúde, Paola deixou o local por volta de 12h acompanhada de familiares. A jovem ficou no hospital por nove dias depois que teve que amputar parte da perna esquerda. O procedimento foi realizado no Pronto-socorro João XXIII.

No sábado, por meio das redes sociais, Paola se mostrou otimista pela recuperação. Em uma foto com o namorado, agradeceu pela força que o companheiro está lhe dando nestes últimas dias. “Agradecendo por mais um dia. Me dando forças e me alegrando todos os dias (mesmo que num quarto de hospital!) Melhor de todos. Te amo”, afirmou.

O acidente aconteceu na madrugada de 27 de dezembro. Conforme o boletim de ocorrência da PM, a motorista Diandra Lamounier Morais de Melo, de 24 anos, passou pelo teste do bafômetro, que constatou 0,53 miligramas por litro de ar expelido dos pulmões, valor considerado crime de trânsito. Além disso, a condutora foi multada por não portar a Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

Testemunhas contaram à Polícia Militar (PM) que Diandra seguia pela Raja Gabáglia (sentido Bairro/Centro) quando, nas proximidades do Hospital Madre Teresa, perdeu o controle da direção e bateu na traseira do Fiat Bravo, que estava estacionado. Paola colocava malas no bagageiro quando o Fiat 500 bateu e foi prensada. Também consta no boletim da PM informações de que o carro estaria em alta velocidade. Diandra foi levada para a delegacia do Departamento de Trânsito de Minas Gerais (Detran), onde prestou depoimento. Segundo a Polícia Civil, ela pagou fiança de R$ 1,5 mil e foi liberada. Ela foi autuada por crime de trânsito.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade