Publicidade

Estado de Minas

Bandidos fazem reféns em sítio e trocam tiros com a PM em Cláudio

Um soldado da PM estava entre os reféns e conseguiu acionar a corporação que iniciou a busca pelos envolvidos. Ao todo, seis envolvidos fora detidos e um morreu


postado em 23/12/2014 11:43 / atualizado em 23/12/2014 11:50

O assalto a um sítio na cidade de Cláudio, no Centro-Oeste de Minas Gerais, terminou com a morte de um suspeito do crime na noite de segunda-feira. Entre as vítimas do roubo estavam policiais militares que festejavam de folga. Um soldado, que ficou refém dos bandidos, conseguiu acionar a PM e uma intensa operação foi montada para prender os envolvidos, entre eles três adolescentes.

De acordo com a 139ª Cia do 23 Batalhão da PM, sete homens armados anunciaram o assalto no terreno que fica na MG-260, na zona rural da cidade. As nove vítimas foram rendidas e amarradas juntas em um cômodo, enquanto os assaltantes roubavam.

Conforme o relato do soldado, que foi vítima dos bandidos, o grupo entrou pelos fundos surpreendendo a todos dentro do imóvel. Eles estavam encapuzados, armados com uma escopeta e revólveres. Os assaltantes ordenaram que todos deitassem e iniciaram a busca por pertences pessoais, como carteiras e celulares.

Quando perceberam a presença do soldado da PM, os assaltantes o agrediram pelo simples fato de ser militar. Ao deixarem a casa, os bandidos viram o carro de outro militar – que participava da festa – estacionado e quebraram o vidro antes da fuga.

Com ajuda do sistema de rastreamento de um dos celulares roubados, a PM conseguiu localizar os envolvidos no assalto. Um grande efetivo policial foi deslocado para a operação de busca. Uma moto foi encontrada com dois ocupantes e um Fiat Palio com outros três, que ao perceberam a presença policial, começaram a atirar contra as viaturas policiais. Houve troca de tiros e dois suspeitos do assalto foram baleados, sendo que um deles morreu no local.

O assaltante ferido é um adolescente de 15 anos, que recebeu atendimento na Santa Casa de Cláudio e ficou apreendido. Também foram detidos dois adolescentes, de 14 e 16 anos, além de três homens, de 18, 24 e 27 anos. Todos foram conduzidos para a Delegacia de Policia Civil de Divinópolis.

Foram apreendidos uma pistola calibre 22, uma escopeta calibre 12 e um revólver calibre .38. Os policiais também recolheram munição e uma replica de pistola. Foram recuperados aproximadamente R$2,3 mil em dinheiro, telefones celulares e documentos pessoais das vítimas.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade