Publicidade

Estado de Minas

Exposição de arte é devorada em BH

Obra do artista chinês Song Dong era composta de guloseimas


postado em 29/11/2014 16:16 / atualizado em 29/11/2014 16:28

Exposição, composta por guloseimas, foi literalmente devorada pelos visitantes(foto: Jair Amaral/EM/D.A.Press)
Exposição, composta por guloseimas, foi literalmente devorada pelos visitantes (foto: Jair Amaral/EM/D.A.Press)


Centenas de pessoas literalmente devoraram neste sábado as criações do artista plástico chinês Song Dong. A exposição, em cartaz no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB) na Praça da Liberdade, era composta de guloseimas. Desde as 10h, muita gente já se aglomerava no pátio do espaço para apreciar a obra e esperar o tão aguardado banquete.

A maquete inspirada na capital mineira foi confeccionada a partir de biscoitos, balas, chocolates, pães, além de produtos tipicamente de Minas Gerais como pão de queijo, torresmo e maria-mole, encantou o público, sobretudo as crianças.

Recepcionista do CCBB, Felipe Tolentino, de 25 anos, está acostumado com exposições no espaço, mas disse que a instalação de Dong foi a coisa mais incrível que já viu em toda a sua vida. “Desde quarta-feira, vinha acompanhado o processo de montagem e por isso fiz questão de participar desse ‘desmonte’, esclareceu.

Às 11h30, quando os cordões de isolamento foram liberados, crianças, jovens, adultos e idosos não resistiram e avançaram sobre a maquete comestível, sobretudo, as partes onde haviam barras de chocolate. Em apenas uma hora, praticamente tudo foi ‘destruído’.

A instalação Comendo a cidade fez parte da exposição Ciclo - Criar com o temos, que ainda fica em cartaz até 19 de janeiro. Os interessados podem visitar a obra de quarta à segunda, das 9h às 21h. A entrada é gratuita e o CCBB fica na Praça da Liberdade, 4.590, Funcionários


Publicidade