Publicidade

Estado de Minas

Parque Municipal no Centro de BH terá duas ciclovias infantis

As faixas para os ciclistas-mirins terão extensão de 487 metros. Apenas crianças até 12 anos, que usam bicicletas com aros 12, 14 e 16, podem acessar a via


postado em 27/09/2014 16:55 / atualizado em 27/09/2014 17:04

Ciclovias já começaram a ser implantas, com a pintura de faixas vermelhas pelo chão, mas serão inauguradas no dia 12 de outubro(foto: Adão de Souza/PBH)
Ciclovias já começaram a ser implantas, com a pintura de faixas vermelhas pelo chão, mas serão inauguradas no dia 12 de outubro (foto: Adão de Souza/PBH)

O Parque Municipal Américo Renné Gianetti, no Centro de Belo Horizonte, terá duas ciclovias infantis. De acordo com projeto apresentado neste sábado pelo prefeito Márcio Lacerda e pelo presidente da BHTrans, Ramon Victor César, as faixas para os ciclistas-mirins terão extensão de 487 metros. A novidade foi anunciada durante as comemorações de 117 anos do parque.

As ciclovias serão destinadas a crianças de até 12 anos que usam bicicletas com aros 12, 14 e 16. Elas já começaram a ser implantas, com a pintura de faixas vermelhas pelo chão, mas serão inauguradas no dia 12 de outubro, em comemoração ao Dia das Crianças.

A Ciclovia 1 – Largo do Sol – terá 302 metros ao redor do playground. Segundo a prefeitura, o melhor acesso à ciclovia é pela portaria da Alameda Ezequiel Dias. A Ciclovia 2 – Largo dos Marrecos – terá 185 metros e vai operar nos dois sentidos. O melhor acesso a essa ciclovia é pela portaria principal da Avenida Afonso Pena.

As ciclovias do Parque Municipal fazem parte do Pedala BH - programa de incentivo ao uso da bicicleta que pretende implantar mais de 100 quilômetros de ciclovias na capital.

Segundo a PBH, as ciclovias infantis foram projetadas considerando traçados que causassem menor impacto ao ambiente, não restringissem o acesso dos pedestres a qualquer parte do parque e que oferecessem as melhores condições de segurança para utilização por crianças de até 12 anos.

Para a conclusão dos trabalhos, as principais intervenções previstas são a implantação de sinalização horizontal e vertical (pintura no solo e placas), execução de corte e rebaixo nas calçadas e recomposição de passeio existente.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade