Publicidade

Estado de Minas

Mudanças de trânsito afetam arredores da Praça da Estação para circulação do BRT

As alterações ocorrem para motoristas que seguem no sentido Rua dos Guaicurus, Avenida Amazonas, Rua da Bahia, Rua dos Carijós e na Avenida dos Andradas (direção terminal Aarão Reis)


postado em 07/10/2013 08:39 / atualizado em 07/10/2013 13:00

(foto: Gladyston Rodrigues/EM/D.A Press)
(foto: Gladyston Rodrigues/EM/D.A Press)
A BHTrans alterou em definitivo no sábado o trânsito nos arredores da Praça da Estação, no Centro de Belo Horizonte. Na manhã desta segunda-feira, muito motoristas desavisados se surpreenderam com as alterações quando seguiam no sentido Rua dos Guaicurus, Avenida Amazonas, Rua da Bahia, Rua dos Carijós e na Avenida dos Andradas (direção terminal Aarão Reis).

A primeira segunda-feira foi de confusão total. A mudança que mais causou lentidão foi a proibição de subida da Rua da Bahia direto para quem sai da Contorno. Mesmo com as faixas de pano, avisando sobre a nova circulação, os condutores ficaram perdidos.

As alterações visam dar maior fluidez ao trânsito da área central, com prioridade para o fluxo no Bulevar Arrudas, e permitir alguns ajustes para melhor funcionamento do BRT (sigla em inglês para transporte rápido por ônibus), que na capital se chamará Move. (Veja o mapa clicando ao lado)

Segundo Edson Amorim de Paula, diretor de operações da BHTrans, “a nova circulação vai fazer com que todas as interseções (esquinas) das praças tenham dois tempos de semáforo. Ou seja, quando um semáforo estiver fechado, o outro no mesmo cruzamento estará aberto e vice-versa. Isso faz o trânsito fluir melhor”, defende. Agentes da empresa, PMs e guardas municipais estão operando o tráfego na região até que os motoristas se familiarizem com as mudanças.

“Esperamos que em até 30 dias todos já tenham se acostumado”, diz Edson. Cinco pontos de ônibus e faixas de pedestres também serão impactados. Uma das principais mudanças é a criação de uma faixa de pedestre que vai ligar a Praça Rui Barbosa diretamente à calçada da esquina de Avenida Amazonas com Rua da Bahia. O tempo de travessia também vai aumentar.

“Em média será prolongado em 40%. Mas temos casos de temporização de 10 segundos que subirá para 30 segundos”, completa. A programação semafórica também foi alterada. Numa segunda etapa do processo, obras para direcionar motoristas e pedestres serão realizadas para substituir a sinalização temporária de cones e barreiras de plástico.

(Com informações de Luana Cruz e Guilherme Paranaíba)


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade