Publicidade

Estado de Minas CONSTRUTORES DE IDEIAS E DE CIDADANIA

Série Mineiros de Ouro busca personagens; participe


postado em 05/07/2013 06:00 / atualizado em 05/07/2013 06:44

O trabalho comunitário de Maria Passabom França, em Diamantina, foi um dos destaques da primeira edição da série(foto: Beto Novaes/EM/D.A Press - 19/11/10)
O trabalho comunitário de Maria Passabom França, em Diamantina, foi um dos destaques da primeira edição da série (foto: Beto Novaes/EM/D.A Press - 19/11/10)


Minas Gerais tem minério, rios, montanhas, flores e frutos do cerrado e comida para paladar nenhum botar defeito. Minas produz energia, faz arte e gera pessoas de qualidade, que os veículos dos Diários Associados denominam de Mineiros de Ouro, em uma série de reportagens publicadas em 2010 e que retorna com o mesmo propósito: resgatar vidas, histórias e o trabalho de pessoas que, sem apoio de instituições públicas ou privadas, elevam o orgulho de ser filho deste estado.

A série recomeça amanhã e segue todos os sábados, até o fim do ano, nas páginas do Estado de Minas e do Aqui, com patrocínio do governo de Minas. Equipe de reportagem está na estrada atrás de exemplos pessoais bem-sucedidos ou de cidadania. O primeiro personagem dessa nova aventura é Francisco de Paula Xavier, o Chico Doceiro, de 82 anos, uma das prosas imperdíveis da histórica Tiradentes, no Campo das Vertentes. Um homem ainda destemido diante do tacho e do fogão a lenha.

Mais adiante vamos conhecer Alzira Agostini Haddad, mulher que não fugiu à responsabilidade com a cultura e os bens arquitetônicos de sua cidade natal, São João del-Rei. As trajetórias e o trabalho de Chico e Alzira dão a ideia de uma das propostas da série Mineiros de Ouro, de buscar projetos distintos, seja dentro do conceito da arte, da culinária, do trabalho, dos esportes, enfim, de qualquer atividade na qual haja alguém que, com seu ideal, seja fonte de inspiração para os demais. Os personagens da série estarão também na telas da TV Alterosa e do Portal Uai.

Mineiros de Ouro abre as portas à participação do público. Basta clicar no endereço www.mineirosdeouro.com.br. Em um blog colaborativo, leitores, telespectadores e internautas podem sugerir e compartilhar histórias de quem faz de Minas Gerais referência de gente determinada a construir lições de vida e cidadania a partir de ideias aparentemente simples.

O site permite ainda o resgate de reportagens da primeira fase da série, com personagens como Rodrigo Libânio Christo, de Belo Horizonte; Ângela Maria da Silva, de Bichinho, distrito de Prados, no Campo das Vertentes; Maria Passabom França, de Diamantina; e outros, de diferentes regiões do estado. E lembrem-se: se conhece um exemplo de quem constrói a cidadania, sem ajuda de instituições públicas ou privadas, envie a sugestão para www.mineirosdeouro.com.br.

Serviço
Compartilhe e faça sugestões de personagens no endereço www.mineirosdeouro.com.br


Publicidade