Publicidade

Estado de Minas

Menino que ingeriu ácido ao invés de medicamento deixa a UTI


postado em 16/04/2012 19:47

Já está em um quarto do Hospital Felício Rocho o garoto Alan Breno, de 2 anos, que ingeriu ácido ao invés de sedativo. O menino saiu da Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) por volta das 18h desta segunda-feira. Segundo boletim médico, Alan se recuperada bem e não apresenta febre e nenhuma infecção.

Agora, os pais do menino poderão acompanhá-lo em tempo integral. A alimentação dele ainda será feita via sonda. Um novo exame de endoscopia digestiva, para verificar a cicatrização da região que sofreu queimaduras, em um prazo de 10 à 14 dias. A expectativa é de que o jovem tenha alta do hospital em até uma semana.

Alan recebeu o ácido no Hospital São Camilo, no Bairro Floresta, Região Leste de Belo Horizonte, quando se preparava para fazer uma tomografia após bater a cabeça em casa, no Bairro Jardim dos Comerciários, Região de Venda Nova.

A técnica em enfermagem trocou os remédios e ministrou, em vez de um sedativo, um ácido para cauterizar verrugas. A profissional está afastada do cargo enquanto o hospital investiga o ocorrido.

Outro caso

O estado de saúde do bebê Davi Emanuel de Souza Lopes, de 4 meses, que recebeu leite na veia ao invés de soro segue estável. O menino segue internado no Hospital da Baleia, em Belo Horizonte.

Davi recebeu estava internado há uma semana no hospital com bronquiolite - princípio de pneumonia - e era alimentado por sonda inserida na boca e recebia soro em um dos pés. Uma enfermeira, que não teve o nome divulgado, fez a troca dos líquidos.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade