UAI
Publicidade

Estado de Minas

Manifestações podem complicar o trânsito no fim da tarde desta quinta-feira no Centro de BH

Estudantes vão fazer um protesto contra o aumento das tarifas de ônibus e o grupo Veta Lacerda vai pedir o veto da proposta de aumento de salário para os vereadores


postado em 19/01/2012 16:29 / atualizado em 19/01/2012 16:35

Duas manifestações devem complicar o trânsito na tarde desta quinta-feira, no Centro da capital mineira. Estudantes prometem fazer uma passeata para protestar contra o aumento das tarifas de ônibus. Também haverá um ato de eleitores em frente a Prefeitura de Belo Horizonte (PBH), para pedir ao prefeito Marcio Lacerda (PSB) que vete a proposta de aumento para os vereadores. Os dois movimentos devem acontecer às 17h.

Cerca de 100 estudantes já estão reunidos no quarteirão fechado da Rua Rio de Janeiro. De acordo com Gladson Reis, presidente da Associação Metropolitana dos Estudantes Secundarista de Belo Horizonte (AMES-BH), os manifestantes vão se reunir na Praça Sete e depois vão seguir até a PBH. “Vamos entregar panfletos para alertas as pessoas sobre o aumento das passagens. Nossa reivindicação é o congelamento das tarifas em R$ 2,45”, afirma Gladson Reis.

Os estudantes também querem o cumprimento da lei do meio passe estudantil, que foi sancionada em fevereiro de 2011. “A PBH não está cumprindo a lei. Para se ter uma ideia foram destinados R$ 5 milhões para o meio passe e foi gasto apenas R$ 250 mil. Eles só querem garantir o benefício para quem tem programa social, mas o meio passe é para todos”, reclama Gladson Reis.

O outro protesto vai ser realizado por eleitores que querem o veto da proposta de aumento para os vereadores de BH. O grupo Veta Lacerda, que ganhou força via Facebook, deve se reunir, por volta das 17h, em frente ao prédio da prefeitura.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade