Publicidade

Estado de Minas

Quatro dos 12 criminosos mais procurados em Minas já foram capturados

Em menos de 48h após ser lançada campanha com fotos dos foragidos, polícia confirma prisão de quatro deles


postado em 05/10/2011 23:13 / atualizado em 07/10/2011 22:30

Caique (esquerda) é acusado de homicídio e tráfico de drogas enquanto Mauro (direita) responde por tráfico(foto: Seds/Divulgação)
Caique (esquerda) é acusado de homicídio e tráfico de drogas enquanto Mauro (direita) responde por tráfico (foto: Seds/Divulgação)


Quatro dos 12 criminosos mais procurados pela polícia mineira já foram capturados. A lista foi divulgada nessa terça-feira pela Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds) e na noite desta quarta-feira foi confirmada a prisão de mais dois dos foragidos. São eles Carlos Henrique Evandro Beirão Aragão, de 24, o Caique e Mauro Pereira da Silva, de 32.

De acordo com a polícia, Caique, acusado de homicídio e tráfico de drogas, foi entregue no Departamento de Investigações e levado para o Centro de Remanejamento do Sistema Prisional (Ceresp) São Cristóvão. Não há confirmação oficial de que ele tenha sido capturado por meio de informações passadas ao Disque Denúncia, objetivo da campanha “Procura-se”, lançada pela Seds.

Já Mauro, acusado de tráfico de drogas, foi preso na casa onde morava, em Esmeraldas, na Grande Belo Horizonte. De acordo com a polícia, ele foi detido em seu quarto e ao lado da cama havia a edição de um jornal diário em que aparece a foto dele em meio a outros 11 foragidos.

Nesta tarte a Polícia Civil já havia confirmado a prisão de dois foragidos, capturados em Praia Grande, São Paulo. Um deles é Bruno Rodrigues de Souza, o Quén-Quén, apontado pela polícia como um dos criminosos mais violentos do estado. Ele responde por diversos crimes, entre eles homicídio contra policial. O outro preso foi Ângelo Gonçalves de Miranda Filho, de 29 anos, conhecido como Pezão.

De acordo com a polícia, as prisões foram feitas por equipes do Departamento de Investigações de Crime Contra a Vida. Pezão foi detido na noite de terça-feira. Já Quén-Quén, na tarde desta quarta-feira. Um outro homem, Genilson Santana Dias, também foi preso na ação. Ambos devem ser trazidos para Belo Horizonte ainda nesta quinta-feira.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade