UAI
Publicidade

Estado de Minas

Irmãos presos em Martinho Campos são condenados por falsificação de dinheiro

Um dos acusados já tinha sido preso por três vezes na Bahia pelo mesmo crime


18/05/2011 16:21

Dois irmãos foram condenados pela Justiça Federal pelo crime falsificação de dinheiro. Eles foram flagrados pela Polícia Militar em maio do ano passado, em Martinho Campos, na Região Centro-Oeste de Minas, depois que um comerciante denunciou os suspeitos ao constatar a falsidade de uma célula de R$ 100 dada por eles na compra de um canivete.

De acordo com o Ministério Público Federal em Minas Gerais, os irmãos foram detidos com 883 cédulas de R$ 100 falsas. Os acusados contaram que adquiriram o dinheiro na Praça da Sé, no centro de São Paulo. Eles saíram da capital paulista e seguiam em direção a Bahia. Ainda segundo o MPF/MG, o laudo da perícia criminal atestou que a falsificação das cédulas era de boa qualidade, e que, pela nitidez da reprodução elas poderiam passar facilmente pelos comércios como se fossem verdadeiras.

Um dos irmãos, J.C.C.S., de 44 anos, confessou durante interrogatório já ter sido preso em três diferentes ocasiões por estelionato e moeda falsa. Além de admitir o repasse de moeda falsa, contou que já fora condenado pelo mesmo crime pela Justiça Federal de Ilhéus/BA. A sentença ainda não transitou em julgado, porque o recurso subiu para o Tribunal Regional Federal da 1ª Região. Os irmãos. J.C.C.S foi condenado a seis anos de prisão e seu irmão, A.C.S., a três anos.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade