Publicidade

Estado de Minas Vida Integral

Inspiração Maori

"Aceitar-se como um ser humano cheio de limites e fraquezas é, acima de tudo, sinal de equilíbrio, paz consigo mesmo e felicidade"


postado em 12/07/2020 04:00

(foto: Reprodução)
(foto: Reprodução)

 
Sempre é bom conhecer e aprender coisas novas. Independentemente se vamos aplicar em nossa vida, se concordamos ou não, se acreditamos ou não, pelo menos passamos a conhecer algo a mais que existe na imensidão deste mundo, e acumular conhecimento, abrir a mente, sempre é bom. Saímos sempre ganhando. É por isso que apresentamos hoje, para quem ainda não conhece, o modelo de saúde e bem-estar da cultura Maori da Nova Zelândia, o Te Whare Tapa Wha (este último a tem um tracinho sobre ele, que não é um til, mas não conseguimos reproduzir no nosso alfabeto).
A cultura Maori se baseia em quatro dimensões de saúde e bem-estar que norteiam o estilo de vida do povo neozelandês. A Nova Zelândia é um país que tem como característica marcante o estilo de vida saudável e a qualidade de vida. Já ouviu falar sobre a origem dessa cultura tão desejada por pessoas do mundo todo? Os neozelandeses possuem um modelo chamado Te Whare Tapa Wha de quatro pilares, que fornecem uma perspectiva Maori sobre a saúde. As quatro dimensões são: taha tinana (bem-estar físico), taha whanau (bem-estar familiar), taha hinengaro (bem-estar mental) e taha wairua (bem-estar espiritual).
 
O Te Whare Tapa Wha foi desenvolvido em 1984 pelo professor de Estudos Maori e acadêmico de pesquisa na Universidade Massey, Sir Mason Durie, para fornecer uma abordagem única da Nova Zelândia para a saúde e o bem-estar para que o povo neozelandês pudesse prosperar. Ele diz que uma dimensão não pode ser separada da outra, pois a saúde é completa quando existe harmonia entre as quatro. Cada uma contribui para o sucesso da outra.
 
Vale aqui um comentário: isso não é novidade. Sempre levantamos esta questão aqui na coluna, da importância do equilíbrio entre corpo, alma, espírito e relacionamentos.
 
O taha tinana representa o bem-estar físico, que fala sobre a capacidade de crescimento e desenvolvimento do corpo. É sobre como ele cresce, sente e se move e como você cuida dele. Esse pilar reforça que é necessária uma boa saúde física para o desenvolvimento ideal de uma pessoa.
No taha whanau, o pilar de bem-estar familiar, o ponto central é sobre quem faz você ter sentimento de pertencimento. Com quem você se importa e compartilha sua vida e o que nos fornece força para ser quem somos. O whanau trata de relacionamentos mais amplos, além do campo familiar, é também sobre colegas, amigos, comunidades e as pessoas que você gosta.

O taha hinengaro é sobre o bem-estar mental, ou seja, sobre como você se sente, e também como se comunica e pensa e como isso é traduzido em percepção pelos outros. Ele trata das suas emoções através da mente, coração, consciência, pensamentos e sentimentos. Essa dimensão reforça que pensamentos, sentimentos e emoções são componentes int
egrais do corpo e da alma.
 
Por fim, o taha wairua, que é o bem-estar espiritual, está relacionado a energias invisíveis não ditas. Trata-se da força vital de uma pessoa, que determina como indivíduos e como coletivo, quem e o que somos, de onde viemos e para onde estamos indo. Ele explora a capacidade de fé e comunicação mais ampla, podendo ser a partir de uma crença religiosa ou uma conexão interna ao universo.
Os neozelandeses são incentivados a traduzirem esses conceitos em ações do dia a dia. Como, por exemplo, sair para passear e observar a natureza, cuidando do bem-estar espiritual. Ou então trabalhar o bem-estar familiar, passando um tempo valioso com pessoas queridas e até compartilhando conhecimentos com amigos e pessoas mais jovens. No campo físico, a dimensão é trabalhada com a prática de atividade física, passeio de bicicleta, caminhadas ou prática de ioga, por exemplo. E conversar com amigos ou familiares e compartilhar coisas boas que cada um viveu, cuidando do bem-estar mental.
 
O modelo Te Whare Tapa Wha é representado por um desenho que traduz um wharenui, ou seja, uma casa comunitária do povo Maori, com quatro paredes, cada uma relacionada a uma dimensão.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade