Publicidade

Estado de Minas ARTE FINAL

Live Talk do EM confirma sucesso de audiência


postado em 31/05/2020 04:00

(foto: Reprodução EM)
(foto: Reprodução EM)

 
 
O projeto Live Talk – Inovação e competitividade: caminhos para o crescimento, lançado na última terça-feira (26) com apoio da empresa Copart, mostrou que veio para ficar. Criado com o objetivo de fomentar temas relevantes para a sociedade, a primeira edição mobilizou importantes segmentos e reafirmou a liderança e a tradição quase seculares do Estado de Minas de caminhar com o povo mineiro nos melhores ou piores momentos da sociedade.
A live reuniu personalidades do setor empresarial e da administração pública. Participaram os seguintes convidados: o presidente da Fiemg, Flávio Roscoe; o diretor federal da Desburocratização do Ministério da Economia, Geanluca Lorenzon; o sócio da GO Associados, Gesner Oliveira; e o secretário adjunto de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais, Fernando Passalio de Avelar.

APROVAÇÃO TÁCITA Foi consenso entre os participantes que "desburocratizar e inovar" são as melhores alternativas para superar a crise. Para o secretário adjunto de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais, Fernando Passalio de Avelar, é importante transformar os investimentos atraídos pelo estado em ações efetivas. "Minas Gerais acumula, no mês de maio, R$ 5,4 bilhões de investimentos atraídos. Mas tão importante quanto atrair investimentos é implementar investimento. É o investimento sair do papel. É a empresa colocar o recurso no estado, na indústria mineira, no comércio mineiro." 
 
Ele revelou que o governo de Minas prepara um decreto que prevê "aprovação tácita" de solicitações da sociedade civil caso não haja resposta da administração pública em tempo previamente estabelecido. "Quando você pedir algo ao estado, e se o estado não se manifestar em 60 dias – estamos ainda fechando qual vai ser o prazo –, vai ser considerado aprovado aquele processo", disse.
MENOS BUROCRACIA O diretor federal da Desburocratização do Ministério da Economia, Geanluca Lorenzon, sugeriu que a administração pública mantenha ações implementadas durante a pandemia no pós-coronavírus. O diretor citou uma fala recente do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump: "Notem as normas que vocês passaram por cima por questões emergenciais graças à pandemia e pensem se essas normas não poderiam existir até fora da pandemia. Esse mesmo trabalho vamos fazer aqui no governo federal".

INOVAÇÕES Por sua vez, Flávio Roscoe, presidente da Fiemg, acredita que a revolução digital irá proporcionar ganhos importantes no pós-pandemia. Em sua opinião, o trabalho no sistema home office e a comunicação serão mais impactados também no pós-pandemia. "Acho que a indústria que mais vai ser transformada é a da comunicação. Várias resistências culturais de usar algumas ferramentas (como as usadas em reuniões on-line) cairão por terra". 
 
Sócio da GO Associados, Gesner Oliveira destacou a importância da internet e seus avanços nos processos atuais e futuros. "Havia uma série de projetos-piloto, coisas embrionárias, que a pandemia vem acelerando de uma forma espetacular", argumentou. E acrescentou ao  exemplo estudo realizado pela GO Associados sobre o segmento de leilões. "A possibilidade de leilões eletrônicos que não dependem do leiloeiro naturalmente tem um potencial e uma eficiência muito maiores."
 
Roscoe também deu exemplos de empresas que têm se saído bem no ambiente virtual. "De maneira geral, o setor de serviços, que é mais próximo do consumidor, está se reinventando, entrando no mundo digital. Há também várias indústrias indo para o digital muito rapidamente. Há empresas que estão atingindo 20% do faturamento anterior à crise com consumidores que não existiam antes", frisou.
 
O debate promovido pelo Estado de Minas e Portal Uai foi mediato pelo editor de Mídias Convergentes/Redação Portal Uai – Estado de Minas, Benny Cohen, que destacou o alto nível dos convidados e a importância da criação de uma nova ferramenta transformadora. "A Live Talk entra no ar como uma proposta de debater os graves problemas que afligem o estado, como de resto o país, usando as ferramentas mais modernas de tecnologia para encontrar caminhos e soluções que nos tirem dessa situação crítica gerada pela Covid-19. A primeira experiência foi extremamente rica, com participantes muito conscientes da situação atual vivida pela economia na pandemia de coronavírus, e ajudaram a apontar saídas para essa crise sem precedente."

SUCESSO Antes mesmo de ir ao ar, os números já indicavam a força de alcance das redes sociais do EM e do Portal Uai (orgânica): foram mais de 18 mil pessoas alcançadas através de postagens no feed e stories. E mais de 6.417 pessoas encaminharam os stories para um conhecido. Os dois conteúdos patrocinados produzidos antes da Live para embasamento sobre o tema obtiveram 18.402 pageviews e foram acessados por 14.184 visitantes únicos, no período de18 a 26/5.
 
No dia da transmissão, a página da live Talk – em.com.br/livetalk – recebeu mais de 34 mil visitantes únicos. No dia seguinte (dia 27/5) foram mais de 800 visualizações da Live no canal do Portal Uai no YouTube. E se você perdeu a Live, ou gostaria de rever algum conteúdo debatido, acesse a página em.com.br/livetalk.

Compartilhe no Facebook
*Apenas para assinantes do Estado de Minas

Publicidade