Publicidade

Estado de Minas ARTE FINAL

Mineirão homenageia 'heróis' da guerra contra a COVID-19


postado em 12/04/2020 04:00

As mensagens emocionam quem passa próximo ao Gigante da Pampulha(foto: Mineirão/Divulgação)
As mensagens emocionam quem passa próximo ao Gigante da Pampulha (foto: Mineirão/Divulgação)

 
Desde sua inauguração, em 1965, o Mineirão mantém forte relação afetiva com o povo mineiro. Além das emoções proporcionadas pelo futebol, o Gigante da Pampulha participa ativamente da vida cultural e social, especialmente do cidadão belo-horizontino. Neste período de pandemia, mesmo sem futebol no país, o Mineirão reafirma sua importância para a cidade. Depois de realizar uma doação de R$ 240 mil, em parceria com a Dahw Brasil ao Hospital da Baleia, e colocar-se à disposição para se tornar hospital de campanha, o estádio faz homenagem aos trabalhadores que estão em atividade mesmo com o risco da COVID-19.
 
Com uma série de mensagens projetadas em sua fachada, a administração do Mineirão destacou a dedicação dos médicos, enfermeiros, jornalistas, motoboys, profissionais da limpeza urbana, seguranças, policiais, caminhoneiros, frentistas, borracheiros e muitos outros profissionais dos setores essenciais, que arriscam sua vida diariamente para manter o mínimo de funcionamento da sociedade no período de quarentena. 

RECONHECIMENTO Vitor Komura, coordenador de Comunicação do Mineirão, explica que a ideia surgiu quando começaram a chegar mensagens de pessoas estranhando a ausência da referência do estádio no cenário da Pampulha. "A gente recebeu  muita mensagem em rede social, falando assim: 'Pô, o Mineirão está apagado, que estranho, que sensação estranha'", conta. 
 
A ação então foi disponibilizar a hashtag #TamoJuntoeIsolado, para que os parentes desses profissionais pudessem enviar mensagens de agradecimento ou estímulo pelos serviços prestados por aqueles que estão na linha de frente. Pelo Twitter, uma das mensagens do Mineirão reconhecia a importância daqueles se arriscam por todos: "O isolamento é uma das medidas mais eficazes contra a COVID-19. Mas não é todo mundo que consegue ficar dentro de casa. Médicos, enfermeiros, limpeza, seguranças, restaurantes não param. Eles estão nas ruas para que muitos de nós estejamos em casa. #TamoJuntoeIsolado". Além de projetar as mensagens na fachada, os vídeos e textos são divulgados em suas redes sociais. 

DOAÇÃO O Mineirão já estava engajado na luta contra o coronavírus, quando o estádio doou  R$240 mil para o Hospital da Baleia. A ação foi desenvolvida com a ONG Dahw Brasil, utilizando a renda gerada com parte da venda, na Alemanha, da rede do jogo em que o Brasil foi derrotado por 7 a 1 pela Alemanha, na semifinal da Copa do Mundo de 2014. O dinheiro foi destinado à compra de equipamentos de proteção individual (EPIs) para os profissionais da saúde, que estão na linha de frente dos trabalhos com infectados pelo coronavírus.
 
A campanha conhecida como Goleada do Bem já conseguiu levantar mais de R$ 1 milhão. Os recursos são usados em diferentes ações sociais brasileiras. E além de disponibilizar recursos, o Mineirão encabeça a campanha de arrecadação de fundos, juntamente com o Hospital da Baleia, para ampliar a capacidade de atendimento à população acometida pela doença.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade