Publicidade

Estado de Minas

Sócio de Alencar diz que perdeu um ''irmão e companheiro''


postado em 29/03/2011 17:55

Sócio de José Alencar na indústria têxtil, o empresário Luiz de Paula Ferreira lamentou, nesta terça-feira, a morte do ex-vice-presidente. ''Acima de tudo, perdi um grande amigo, irmão e companheiro de muitos anos'', disse, ao receber a notícia em Montes Claros, no Norte de Minas. Os dois montaram juntos a Coteminas, que hoje é uma das maiores empresas de tecidos do Brasil. Atualmente, a fábrica tem cinco unidades em Montes Claros - onde foi inaugurada em 1977 - e emprega cerca de 3.000 pessoas na cidade, onde também apoia projetos sociais e esportivos. Os funcionários da empresa ficaram sabendo da morte de Alencar nesta terça-feira, pela TV, e fizeram um minuto se silêncio. O sindicalista Vicente Araújo, ex-presidente do Sindicato dos Tecelões de Montes Claros, lembrou que Alencar sempre teve uma relação de simplicidade com seus funcionários. ''Ele era uma pessoa muito simples, um amigo de verdade, não tinha pompa, nem parecia que era uma pessoa que tinha patrimônio. Ele esteve na minha casa várias vezes, tive o prazer de conhecê-lo de perto. Fico arrasado com a morte dele, parece até que perdi um ente da minha família'', afirmou, nesta terça-feira.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade