Publicidade

Estado de Minas BIOLOGIA

O surto de sarampo no Brasil: sintomas, prevenção e tratamento

Saiba mais sobre a doença que está se alastrando no país


postado em 06/09/2019 14:00 / atualizado em 05/09/2019 17:16

A volta dos surtos de sarampo no Brasil vem preocupando as autoridades de saúde. Em 2019, só em São Paulo, mais de 2.400 pessoas já adoeceram com três mortes. A gravidade e incapacidade do governo em conter o avanço da doença através da imunização da população, fez o país perder a certificação de zona livre de sarampo da Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS). A possibilidade de expansão do sarampo para Minas Gerais está aumentando a demanda de vacinação pela população nos postos de saúde, que muitas vezes não tem doses suficientes.

Sarampo é uma das doenças mais contagiosas do mundo(foto: BigStock)
Sarampo é uma das doenças mais contagiosas do mundo (foto: BigStock)

O que é o Sarampo

O vírus do sarampo no microscópio.(foto: Sanofi Pasteur via Flickr Creative Commons)
O vírus do sarampo no microscópio. (foto: Sanofi Pasteur via Flickr Creative Commons)

O sarampo é uma doença grave causada por vírus e altamente contagiosa. Ela é transmitida pelo ar, através da respiração de pessoas doentes, ou seja, um espirro, um beijo, uma conversa próximo de uma pessoa infectada são suficientes. Parte das pessoas que contraem o virus não manifestam quaisquer sintomas, o que potencializa a transmissão.

Sintomas e Prevenção do Sarampo

As que desenvolvem a doença tem sintomas parecidos ao de enfermidades respiratórias: febre, conjuntivite, tosse persistente, infecção no ouvido e mal-estar intenso. Cerca de três a cinco dias depois, podem aparecer outros sinais, como manchas vermelhas no rosto e corpo. Ela ocorre de forma mais grave em crianças e pessoas com o sistema imunológico enfraquecido. Nesses grupos, os quadros de pneumonia, diarreia, convulsões e morte são comuns. Para se ter uma ideia da gravidade do sarampo, antes da criação da vacina, ela foi uma das principais causas de mortalidade infantil no mundo.

Principais sintomas do sarampo(foto: Ministério da Saúde)
Principais sintomas do sarampo (foto: Ministério da Saúde)

A forma eficaz de evitá-la são por meio das vacinas tríplice viral ou a tetravalente (contra sarampo, caxumba, rubéola e catapora), e ambas estão disponíveis na rede pública e privada. A versão tríplice viral deve ser aplicada em bebês de 12 meses, com um reforço aos 15 meses de vida. O imunizante também é ofertado para pessoas de até 49 anos que não foram vacinadas. Se você não sabe se recebeu suas doses, procure um médico. Existem algumas restrições para o uso da vacina, como já estar com a doença, gestantes, menores de seis meses e pessoas com doença imunológicas - como o HIV por exemplo. Pertencendo a esses casos, você devem se informar com o médico antes de ir a um posto de saúde.

Tratamento do Sarampo

A vacinação é a melhor forma de prevenção do sarampo(foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)
A vacinação é a melhor forma de prevenção do sarampo (foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Não há tratamento do sarampo, o repouso, alimentação saudável, hidratação e algumas medicações para atenuar os sintomas, são suficientes na maioria dos casos para a recuperação do paciente. Os doentes ou suspeitos da doença devem ser isolados, para diminuir os riscos de transmissão. A "regra de ouro" no caso do sarampo é a prevenção através da vacinação.

Artigo de Biologia do Percurso Pré-Vestibular e Enem.


Publicidade