Publicidade

Estado de Minas HISTÓRIA GERAL

Fim da Segunda Guerra Mundial e surgimento da Organização das Nações Unidas


postado em 17/10/2017 15:19 / atualizado em 21/10/2017 09:44

Com o fim da II Guerra Mundial, ficou evidente aos principais países do globo a necessidade de se criar mecanismos para tentar evitar novos conflitos internacionais e toda a devastação que eles causam. Nesse contexto, no dia 24 de outubro de 1945 foi criada a Organização das Nações Unidas (ONU), um arranjo internacional formado por países que, voluntariamente, se propuseram a trabalhar pelo desenvolvimento e pela paz.

Ruínas da cidade alemã de Nuremberg após a Segunda Guerra Mundial - a existência de um órgão internacional efetivo de mediação poderia ter evitado o conflito.
Ruínas da cidade alemã de Nuremberg após a Segunda Guerra Mundial - a existência de um órgão internacional efetivo de mediação poderia ter evitado o conflito.

A ONU possui, hoje, 193 países membros, dos quais 51 são fundadores, incluindo o Brasil. Para atingir seu objetivo principal de manutenção da paz, a Organização trata – ou deve tratar – não somente de questões diretamente ligadas à segurança, mas também de temas relacionados a direitos humanos, desenvolvimento econômico e meio ambiente, entre outros.

A Carta das Nações Unidas é o documento de fundação da ONU e estabelece que a organização será formada por seis órgãos principais, com funções específicas. A Assembleia Geral é a principal instância deliberativa, na qual todos os países membros têm direito a voto. O Conselho Econômico e Social formula recomendações, coordena o trabalho e realiza atividades nas áreas econômica e social. O Conselho de Tutela, por sua vez, é responsável pela supervisão da administração dos territórios sob regime de tutela internacional.

Há, ainda, a Corte Internacional de Justiça, que é o principal órgão judiciário da organização, composto por 15 juízes eleitos, e o Secretariado, que presta serviço aos outros órgãos e administra projetos e programas.

Por fim, há o Conselho de Segurança (CS), um dos mais importantes órgãos da ONU, responsável pela paz e segurança e internacionais. O CS é formado por cinco membros permanentes (Estados Unidos, Rússia, Grã-Bretanha, França e China), que têm direito a veto, e dez membros não permanentes, eleitos por dois anos pela Assembleia Geral. Suas decisões devem ser acatadas por todos os membros das Nações Unidas.

Plenário da ONU em Nova Iorque.
Plenário da ONU em Nova Iorque.
 

O Brasil já participou de mais de 30 operações de manutenção de paz da ONU, desde 1948, em várias nações da África, da Ásia, da Europa, do Caribe e da própria América Latina. Atualmente, o país lidera a Missão da ONU para a Estabilização no Haiti (Minustah), tendo enviado milhares de militares brasileiros para o país caribenho nos últimos anos.

Quando foi fundada, ficou decidido que a ONU teria sede permanente nos Estados Unidos. Hoje, além da estrutura central em Nova Iorque, ela mantém sedes em Genebra (Suiça), Viena (Áustria), Nairóbi (Quênia), Addis Abeba (Etiópia), Bangcoc (Tailândia), Beirute (Líbano) e Santiago (Chile).

A Organização é financiada por todos os Estados-membros, dependendo da riqueza de cada país. Dessa forma, países desenvolvidos dão maior contribuição financeira do que os demais. Além da força advinda do financiamento, países desenvolvidos também são os que têm maior poder decisivo no Conselho de Segurança.

Isso faz com que, muitas vezes, haja críticas sobre a falta de imparcialidade e de neutralidade da ONU, apontada como defensora dos interesses das nações desenvolvidas, sobretudo dos Estados Unidos.

Artigo do Percurso Pré-vestibular e Enem.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade