Publicidade

Estado de Minas MATEMÁTICA PARA O ENEM

O número PI e a área do círculo


postado em 04/04/2015 11:56 / atualizado em 04/04/2015 13:43

O número π (PI) representa o valor da razão entre a circunferência de qualquer círculo e seu diâmetro. A letra grega π (lê-se: pi), foi adotada para o número a partir da palavra grega para perímetro, "περiμετρος", provavelmente por William Jones em 1706, e popularizada por Leonhard Euler alguns anos mais tarde. Ele é um número irracional, com infinitas casas decimais e não periódico. Além disso, é a mais antiga constante matemática que se conhece.

Os seus primeiros registros na humanidade, encontram-se no Egito, no Papiro de Rhind (1.700 a.C.). Vários matemáticos tentaram calcular essa constante, como Arquimedes, Ptolomeu, Tsu Ch'ung Chih, Aryabahta e o holandês Ludolph van Ceulen (sec. XV) que calculou o PI com até 35 casas decimais. Quando morreu, a esposa de Ludolph mandou gravar o valor de π no seu túmulo.

Cálculo do valor de Pi

O valor de π pertence aos números irracionais. Para a maioria dos cálculos para a prova do Enem é comum aproximar π por 3,14. Uma boa parte das calculadoras científicas de 8 dígitos aproxima Pi por 3,1415926.

Em 2011, O engenheiro japonês Shigeru Kondo e o estudante americano de ciências da computação Alexander Yee calcularam, usando um computador com doze núcleos físicos, cinco trilhões de dígitos, o equivalente a 6 terabytes de dados. Atualmente, com os computadores, o cálculo de π chega a bilhões de casas decimais.

Raphael Xanchão é professor de Matemática do Percurso Pré-vestibular e Enem.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade