Publicidade

Estado de Minas

Cenário preocupante: 40% da população com 25 anos ou mais não concluíram a educação básica

EJA é possibilidade para concluir os estudos


postado em 28/06/2019 17:04

Cenário preocupante: 40% da população com 25 anos ou mais não concluíram a educação básica(foto: Educa Mais Brasil)
Cenário preocupante: 40% da população com 25 anos ou mais não concluíram a educação básica (foto: Educa Mais Brasil)

Um indicador divulgado recentemente preocupa o cenário educacional brasileiro. Cerca de 53,4 milhões de pessoas de 25 anos ou mais não concluíram o ensino fundamental, o que representa 40% da população. Esse número é só um recorte de uma estatística ainda mais ampla e preocupante: mais da metade dessa população (52,6%) não chegou a se formar no ensino médio, o que corresponde a 70,3 milhões de pessoas.

Esses dados se referem ao ano 2018 e fazem parte do suplemento de educação da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua), divulgados na semana passada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Foi analisado também o tempo de estudo. O brasileiro cumpre, em média, 9,3 anos de estudo quando são necessários, no mínimo, 16 anos para completar todos os níveis de escolaridade até o ensino superior. Por gênero, foi identificada uma diferença. Em média, os homens estudam durante 9 anos. As mulheres, um pouco mais, 9,5 anos.

Para não fazer parte dessa estatística de não ter concluído a educação básica, Witalla Vitória de Jesus, 18 anos, está correndo atrás para concluir os seus estudos na modalidade de Educação de Jovens e Adultos (EJA), no Colégio Delta. Ela parou de ir a escola quando estava no 9º ano e resolveu retornar porque tem o sonho de ser uma profissional qualificada. "Decidi voltar para ser alguém na vida. Tenho o sonho de fazer faculdade de direito, pois admiro a área".

Já Emily Daiane dos Santos, também 18 anos, se vê no futuro na área de saúde depois que concluir o ensino básico. Ela interrompeu os estudos quando estava no 7ª ano. "Preciso terminar os estudos, me profissionalizar para trabalhar, meu objetivo é esse. Penso em cursar medicina", planeja a estudante EJA Ensino Fundamental no Colégio Nossa Senhora de Lourdes.

Bolsas de estudo para EJA Educação de Jovens e Adultos

As duas estudantes estão tendo a oportunidade de concluir a educação básica graças às bolsas de estudo concedidas pelo Educa Mais Brasil para a modalidade EJA Educação Jovens e Adultos. No site do programa, parceiro do Portal Uai é possível consultar as vagas disponíveis em cada cidade e se inscrever gratuitamente.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade